2019 · TOP FINAL DE ANO

As 50 melhores de 2019 – Parte 1

FELIZ NATAL GENTE BONITA!!!!

E sejam bem vindos a mais um dos momentos de final da ano do blog. Acho que a essa altura todo mundo sabe que eu paro de postar igual gente por aqui em dezembro pra preparar essa playlist lindíssima das nossas favoritas durante o ano inteiro. São 50 músicas e acho que o mais puro desespero de ter que escolher a dedo cada uma delas.

Também é sempre bom relembrar que quem escolhe esse top 50 não é somente a minha pessoa, mas sim é um conjunto entre as duas escritoras daqui, eu e a Groselha, então sim pode acontecer de aparecer uma música que eu odiei, mas é tudo culpa da Groselha que curte umas coisas bem diferentes das minhas.

Mas hoje é dia, então bem vindos a primeira parte de tudo.

50º APINK – EUNG EUNG

A gente inicia tudo falando de um dos grupos que eu provavelmente nunca pensaria que sequer iria aparecer em um top 50 daqui do blog, porém APink decidiu surpreender meio mundo com a mudança de conceito e quis trazer uma parte um pouco mais madura de si. Eung Eung parece muito mais com o grupo com o seu tempo de vida, sendo facilmente uma das músicas mais fáceis de mercado das meninas e, claro, uma das mais gostosas de se escutar. Não é a toa que ela dá as caras por aqui, no final das contas. Se o grupo manter esse estilo (juntamente com o de I’m So Sick) facilmente elas podem aparecer em mais um top 50 no futuro.

49º PINK FANTASY – FANTASY

E se é grupo nugu que o povo quer, é grupo nugu que o povo vai ter. Sinceramente, a capa desse álbum tá tão mal feita que dá vontade de chorar, mas que Fantasy é um puta musicão ninguém pode discordar. As meninas tentaram dar uma de Dreamcatcher e foram explorar uma música mais acompanhada de elementos de rock (o que sinceramente combina melhor com o conceito de esconder a cara da menina com uma máscara de coelho). Me agrada pra caralho ver mais gente no kpop vendo o potencial disso, mas com certeza o grupo vai precisar experimentar um pouco mais antes de chegar em músicas que provavelmente vão realmente chamar atenção do público.

48º TXT – CAT & DOG

Sabe aquela música que a gente mais coloca em respeito aos amiguinhos que escutaram isso? Pois é, essa escolha absolutamente não foi minha e sim de dona Groselha. TXT realmente é um daqueles grupos que conseguiu chamar bastante atenção com sua música meio NCT Dreamesca. Cat & Dog é uma música completamente levada pro lado mais bubble gum pop e com tanta coisa lúdica que chega a me dar tontura. Se tu gosta agradeça dona Gro por ela estar por aqui e ter um gosto musical totalmente diferente do meu.

47º (G)I-DLE – SEÑORITA

O que dizer do Idle, não é mesmo? A sonoridade das meninas me agrada bastante, e mesmo vendo muita gente tacando o pau nessa música e dizendo (e eu concordo) que não é o melhor lançamento das meninas, Señorita ainda permanece como uma ótima música. Mesmo que com algumas coisas que eu mesma faria questão de deletar dela, os elementos latinos e vocais salvam essa música com toda a certeza do erro feio que ela poderia ser. Agora só basta todo mundo parar e escutar essa música que nem gente pra compreender o quão boa ela é.

46º EVERGLOW – BON BON CHOCOLAT

Não sei nem por onde eu posso começar a falar de Everglow. O grupo que debutou esse ano passou arrastando um monte de gente pra adorar elas, mesmo sendo de uma empresa chinesa que ninguém nunca ouviu falar. Bon Bon Chocolat com certeza é o meu lançamento favorito das meninas (que inclusive tá bem acima daquela coisa amorfa que foi Adios), mesmo com o abuso de auto tune que me faz querer sair no soco com quem quer que tenha tido essa ideia. A música é gostosa e o MV usa e abusa do seu orçamento, só isso já ta bom, não é mesmo?

45º TXT – RUN AWAY

Eu posso até soar como uma pessoa que odeia o TXT, mas eu realmente to só batendo meu cartão aqui. Tudo bem que Run Away, até agora, é o melhor lançamento dos meninos de acordo comigo mesmo. Gosto bastante do conceito meio Harry Potter e a música sonoramente não parece tão bubble gum pop quanto a anterior ou o debut do grupo. A gente só espera que daqui pra frente eu não tenha que escutar mais disso, mas de novo se tu gosta vai agradecer dona Groselha pela a autoria disso aqui no top 50~

44º CLC – ME

Sempre tem umas músicas que eu pelo menos demoro uns 3 meses pra pagar um pau por, Me sendo uma delas. Não minto que logo de cara achei um barulho desnecessário e sem coesão, mas minhas opinião sobre esta mudou bastante desde então. Gosto MUITO dos versos de rap e como a música foi construída, até mesmo o drop me agrada agora. Me foi uma dos melhor lançamentos do CLC esse ano, “No” who???

43º HINAPIA – DRIP

O grupo com 4/5 membros que vieram do agora falecido Pristin. Sinceramente um redirecionamento mais que bem merecido e melhor pras meninas. O conceito em si já funciona melhor pra elas, mas o mais importante é que essa música é boa pra um senhor caralho. Drip funciona com um instrumental que vai te sugando pra dentro do universo da música e com vocais impecáveis (que eu ainda não acredito que estavam sendo desperdiçados cantando uns troços tipo We Like) de te deixar repetindo isso por uns belos 10 minutos. Um ótimo debut, de verdade.

42º BVNDIT – HOCUS POCUS

Outro debut de girl group desse ano que foi ótimo e que eu paguei um senhor pau foi o do BVNDIT, grupo da mesma empresa da Chungha. Hocus Pocus tem um instrumental que é *chef’s kiss* e o grupo em si tem cores vocais lindíssimas, o que deixa essa música mais interessante ainda. Ela só aparece mais pra trás aqui porque as meninas lançaram coisa melhor e, spoiler, que vai estar mais pra frente na lista.

41º BLACKPINK – KILL THIS LOVE

E do grupo que mais lançou coisa nova esse ano… kkk, não. Acho que BlackPink já virou piada pronta do YG mesmo e o seu único lançamento coreano pra esse ano aparece aqui na lista. Kill This Love ainda é uma das minhas músicas favoritas do grupo e, com certeza, a melhor produzida até hoje pras meninas. A maior pena é que é isso, acabou, nem mesmo o álbum que era pra elas lançarem esse ano saiu, nem os solos das outras integrantes e tem gente que fala que a Jennie não é a favorita do YG… Pelo menos esse ano elas tiveram saúde não é mesmo?

Enfim, é isto que temos para abrir esses trabalhos de muito soco na cara e talvez eu querendo chorar por uns 3 meses consecutivos. Top 50 é uma daquelas coisas que eu mais amo fazer no ano mas a que sempre me lembra o quanto o ano passou rápido e BP não ganhou mais nada além de música repetida. Nos vemos na próxima parte meus queridos.

Beijineos de luz~

Um comentário em “As 50 melhores de 2019 – Parte 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s