Debut

LE SSERAFIM surpreende com um ótimo debut com FEARLESS

Nada melhor que acordar e ver que a Sakura foi retirada da geladeira da Hybe e finalmente está fazendo seu debut oficial no grupo de kpop que ela vai ficar de vez depois de sua graduação no HKT48. A verdade é que foi ela que logo de cara me fez virar meus olhos pro Le Sserafim, porque se fosse pelo nome e essa escolha de dois S no começo do serafim…

O maior problema é que quanto mais saiam os teasers mais eu me encontrava criando uma certa hype por esse debut (mesmo com a Hybe e a Source não merecendo muito depois do que rolou com o GFriend), e quando o HM pra esse mini de debut saiu eu estava com todas as esperanças pra elas fazerem TUDO e mais um pouco. Fearless tinha se vendido muito fácil pra mim, então eu só queria que expectativas fossem alcançadas.

Continue lendo “LE SSERAFIM surpreende com um ótimo debut com FEARLESS”
comebacks

O apocalipse começa com DREAMCATCHER em MAISON e sua nova trilogia

Spoiler: este post vai ser MUITO biased.

Dreamcatcher é um daqueles grupos que eu sinto orgulho de seguir e estar sempre parecendo uma criança prestes a receber doce quando elas finalmente anunciam um comeback. Eu confio no trabalho das meninas e sei que elas sempre se dispoem a fazer melhor a cada comeback.

E claro, Apocalypse: Save Us ser um full álbum ajuda muito mais na minha hype do que qualquer coisa, ainda mais pensando que o Dystopia: TTOL é um álbum INCRÍVEL de começo a fim, com todas as músicas se repetindo e dando as caras nas minhas playlist o tempo inteiro (e com Scream ainda sendo a melhor título das meninas). O próximo full álbum tinha que pelo menos ter uma título a altura de algo do Dreamcatcher.

Continue lendo “O apocalipse começa com DREAMCATCHER em MAISON e sua nova trilogia”
comebacks

Mergulhando de cabeça em coisa boa, IVE está de volta com LOVE DIVE

Ive foi uma daquelas surpresas totalmente inesperadas no final do ano passado, com um lançamento muito bom que acabou se dando bem pelo timing e pelas integrantes ex-iz*one no grupo. Starship mais uma vez conseguiu emplacar um grupo pós produce, só que dessa vez com um pouco mais de fama.

Então depois de gostar bastante de Eleven eu não esperava nada mais além de uma música boa com Love Dive. Ive ainda está passando pelo período de experiência comigo, e geralmente o primeiro comeback seguido bom é o que me faz ficar bem atenta a um grupo. Então estava mais que na hora de ver se elas ficavam só em Eleven ou decolavam de vez com Love Dive

Continue lendo “Mergulhando de cabeça em coisa boa, IVE está de volta com LOVE DIVE”
comebacks

Escolhendo por caos e desastre, PURPLE KISS lança a questionável memeM

Sabe qual é a sensação de ver um grupo com lançamentos ótimos se entregando a modinhas? Se não acho melhor se prepararem para essa atrocidade cometida pelo Purple Kiss agora, antes que seja tarde.

O grupo da RBW vinha num crescente comigo, Ponzona foi um debut incrível logo seguido de Zombie que foi uma das melhores músicas de 2021 na minha opinião. Então não era por nada que eu tava louca pra ver o que rolaria em memeM, afinal de contas Purple Kiss estava no bloody top lançando músicas boas. Foi quando a ficha caiu no primeiro teaser que o sonho estava morrendo e esse comeback não seria o que eu esperava nem o que eu queria.

Continue lendo “Escolhendo por caos e desastre, PURPLE KISS lança a questionável memeM”
comebacks

Como demonstrar seu amor verdadeiro: um guia por OH MY GIRL em REAL LOVE

Depois do sucesso pós Queendom, Oh My Girl só dá as caras de vez uma vez ao ano com uma música fácil de digerir a qual provavelmente o público vai adorar e fazer dar uma vingadinha nos charts de lá. Dessa vez elas vieram com seu comeback anual e, para minha surpresa, com um full álbum!

O álbum em si prometia ter algumas faixas interessantes, outras nem tanto, mas pelo menos Real Love me parecia algo bem sólido, o que eu esperava do fundo do coração que fosse. Será que o Oh My Girl acertaria mais uma vez ou só seria um full álbum com título sem graça?

Continue lendo “Como demonstrar seu amor verdadeiro: um guia por OH MY GIRL em REAL LOVE”
Música por Música

MÚSICA POR MÚSICA: (G)I-DLE – I NEVER DIE

Depois de muito atraso da minha parte (tia arranjou um emprego e está no final da pós, se batendo com um TCC), cá estamos nós para um pulo de cabeça no primeiro full álbum do Idle, o I NEVER DIE.

E vamos ser sinceros? Eu estava bem animada pra fazer esse música por música, ainda mais pensando em quanto eu gosto do Idle e, acima de tudo, o quão boa foi Tomboy por si só. Esse álbum prometia bastante pra mim desde o momento que foi anunciado, então minhs expectativas entrando nele estavam até que altinhas (mesmo para um álbum extremamente curto, 8 faixas). Com isso diso, vamos música por música:

Continue lendo “MÚSICA POR MÚSICA: (G)I-DLE – I NEVER DIE”
comebacks

RED VELVET tenta sentir o ritmo num comeback confuso e sem graça

Todo comeback do Red Velvet depois do escândalo da Irene parece que é o último suspiro do grupo né? O sentimento foi esse com Queendom e agora esse mesmo sentimento volta a vida com Feel My Rhythm.

De qualquer maneira, as fotos pra esse álbum estavam lindíssimas, principalmente as fotos delas de bailarinas de caixinha. Fazia tempo que eu não curtia tanto teasers das meninas, então isso me deu meia animação pro que vinha por ai. Que depois foi pisoteada sem dó nem piedade pelo teaser do MV, que já mostrava que talvez Feel My Rhythm fosse um desastre.

Continue lendo “RED VELVET tenta sentir o ritmo num comeback confuso e sem graça”
comebacks

ROCK N’ ROLL NA VEIA! (G)I-DLE são fucking TOMBOYs em seu mais novo comeback

Se vocês me dissessem no começo desse ano que o Idle estaria fazendo comeback logo em março e ainda por cima com um full álbum eu provavelmente não acreditaria e chamaria meio mundo de louco. Sim, esse era o tamanho da minha falta de esperança na Cube de colocar o grupo pra funcionar de novo depois de todo o escândalo de bullying da Soojin, que resultou na saída dela do grupo.

Então pra mim é uma alegria tamanho família ver as meninas de novo, lançando coisa, nem que seja um full álbum de 8 músicas que provavelmente vai servir de estresse pro dia que eu for lançar a review completa desse álbum delas. Mas por enquanto a gente faz os chifrinhos com a mão enquanto ouve Tomboy.

Continue lendo “ROCK N’ ROLL NA VEIA! (G)I-DLE são fucking TOMBOYs em seu mais novo comeback”
comebacks

VEN PARA é uma decisão questionável e horrível para o WEEEKLY

Se tem um treco que estava sendo questionado antes mesmo de sair, esse treco com certeza era esse comeback do Weeekly, um grupo que criou uma imagem alegre e jovial, lançando músicas igualmente alegres e leves de se ouvir, mesmo que essas fossem 50/50 pra se gostar. É estranho ver um grupo que teve somente 4 lançamentos pegar tudo isso e jogar pela janela.

Mas foi o que rolou, não sei o que deu na cabeça da IST (que fui descobrir outro dia que é o novo nome da PlayM) pra meter essa mudança visual e sonora no grupo do nada, mas Ven Para tinha tudo pra dar extremamente errado desde que eu escutei o teaser da música a primeira vez.

Continue lendo “VEN PARA é uma decisão questionável e horrível para o WEEEKLY”
comebacks

CHERRY BULLET é levado por um gato preto em uma aventura em LOVE IN SPACE

Depois de Kim Bora ser uma das integrantes do Cherry Bullet a ir mais longe no GP999 e não entrar no Kep1er (o que nesse momento eu não acho que tenha sido algo ruim pra bonita), era esperado que a FNC levantasse e fizesse alguma coisa com o pouco de popularidade que a menina ganhou. Bem, se passaram alguns meses do programa e cá estamos com Cherry Bullet fazendo seu primeiro comeback pós GP999.

Sendo um daqueles grupos que lança um treco legal aqui e outro bem dispensável acolá, eu somente pedia para que a empresa tivesse uma demo legalzinha pras meninas pro grupo continuar com a sonoridade deliciosa de Love So Sweet. E Love In Space prometeu bastante em seus teasers, me deixando levemente numa hype para esse comeback.

Continue lendo “CHERRY BULLET é levado por um gato preto em uma aventura em LOVE IN SPACE”