Debut

Lisa faz seu debut solo com a Lalisa

E ai minha gente? Passando por mais um momento que você recebe exatamente o que esperava de algo? Pois bem, é o que tá acontecendo comigo e esse debut solo da Lisa. Quando anunciaram isso eu já meio que imaginei qual seria o caminho que a música poderia caminhar já que a Rosé foi a única que eu tive meia esperança pra algo bom e que lançou algo razoável (não horrível, o que já é uma vitória), então não sobrou nada para Lisa e Jisoo. E conhecendo como Solo da Jennie, que é uma rapper, foi um treco meia boca imagina o da Lisa que é uma rapper que eu necessariamente nunca vi cantando? E ainda por cima o nome da título é o nome dela? Nós já sabiamos onde isso daria.

Continue lendo “Lisa faz seu debut solo com a Lalisa”
Debut

Peguem a mesa e as raquetes que hoje é dia de assistir a HyunA e o DAWN jogando PING PONG

E ai minha galera? Cês curtem um joguinho de ping pong? Ou pelo menos tentam jogar sem mandar a bolinha pra algum lugar de onde ela nunca vai ser resgatada? Pois é, pelo visto deve ser o jogo favorito da Hyuna e do Dawn, pra ser o nome da primeira música dos dois como uma duplinha romântica. E se querem que eu seja bem sincera sobre o que eu esperava disso, aqui vai: eu tinha 0 expectativa de ser bom. Primeiro que os últimos lançamentos da HyunA nunca me compraram por completo, segundo que o único lançamento do DAWN foi péssimo. E, claro, a P Nation não poderia deixar de lado uma oportunidade de colocar o casal pra fazer duplinha, ainda mais que é marketing (principalmente pro Dawn, que querendo ou não tá vivendo a sombra da HyunA). Ping Pong acaba sendo o esperado:

Continue lendo “Peguem a mesa e as raquetes que hoje é dia de assistir a HyunA e o DAWN jogando PING PONG”
comebacks

É hora de comer cérebros com o Purple Kiss em seu primeiro comeback, Zombie

E ai minha gente bonita? Como vocês estão? Esperando um apocalipse logo e que seja de zumbis porque você acha que é o único que conseguiria sobreviver? Provavelmente é o mesmo que Purple Kiss pensou pro seu primeiro comeback, pegando um conceito meio batidão e abençoando a título com o nome de Zombie. No geral, eu tinha boas expectativas pro primeiro comeback do grupo, ainda mais do ótimo debut com Ponzona, que era uma música dark e entregava ótimos vocais e instrumental.

Já Zombie, desde os teasers de fotos até da própria música parecia que ia seguir uma linha de raciocínio que se leva menos a sério, e eu não sabia o que esperar disso.

Continue lendo “É hora de comer cérebros com o Purple Kiss em seu primeiro comeback, Zombie”
comebacks

STAYC está de volta acabando com estereótipos em seu mais novo comeback

E ai meu povo, tudo certinho? Estavam prontos pra ouvir as meninas do STAYC quebrando o tabu com toda a força do mundo? (piada que estaria no título se eu não tivesse visto que já foi usada, oop) Pois bem, depois de lançar um cover de Kiss Me More da Doja Cat e mostrar que menores de idade podem cantar sobre os garotos querendo a [censurado] delas como barraca do beijo (escutem o sarcasmo na minha voz inexistente, por favor), agora elas estão cantando sobre estereótipos e lançaram um teaser que faria com que a Quebrando o Tabu tivesse orgulho delas.

Continue lendo “STAYC está de volta acabando com estereótipos em seu mais novo comeback”
Debut

Kwon Eunbi é a primeira a abrir a ‘porta’ para os inevitáveis debuts das ex-IZ*ONE

E ai galerinha? Você fez parte daquele projeto que acontecia todo ano quando algum grupo com dada de validade estava prestes a ir pra valeta? E ficou decepcionado quando não rolou porque, por mais incrível que pareça, cada empresa tinha uma direção com sua integrante, né? Pois bem, eu nem passo perto de grupo assim justamente por ter 0 paciência com grupo que tem data e hora certinho pra deixar de ser um grupo. Me cansa a beleza.

E depois de discussões que demoraram até que muito, naquele “tira casaco, bota casaco” que já tinha enchido a paciência de todo mundo, menos do fandom do IZ*ONE, o grupo está morto e as integrantes podem finalmente voltar pras suas empresas e serem jogadas ou num grupo que não vai pra frente porque nunca tiveram bom direcionamento, ou que daria disband em pouquíssimo tempo ou pra raridade que acabou cativando o público coreano OU, como a espertinha da Kwon Eunbi fez, virou solista porque é exatamente o que deu mais certo dentro das ex-IOI.

Continue lendo “Kwon Eunbi é a primeira a abrir a ‘porta’ para os inevitáveis debuts das ex-IZ*ONE”
comebacks

Se achando os deuses do trovão sem o mjölnir, Stray Kids estão bem Thunderous

Fala ai minha gente? Passaram esses últimos dias se enfiando na lore de Thor não pode causa do deus trovão mas sim por conta do irmãozinho dele e agora não aguenta 10 segundos sem fazer piadinha sobre? Pera, não, eu não fiz isso. Vocês que fizeram, ok? Ok. Sim eu já to começando esse post me achando a deusa do humor porque o assunto de hoje é Stray Kids e… vocês sabem, né?

Os garotos são um grupo que eu necessariamente super simpatizo, acho os membros todos garotos bem bonzinhos e legais. Mas isso não é nunca o suficiente pra salvar eles se lançaram umas músicas que fariam que eu quisesse que um raio caísse na minha cabeça enquanto escuto. E, bem, Thunderous tá bem nesse quesito.

Continue lendo “Se achando os deuses do trovão sem o mjölnir, Stray Kids estão bem Thunderous”
comebacks

Depois de um comeback de verão ótimo, as Brave Girls vieram nos mostrar o que rolou After We Ride

E ai minha gente bonita? Felizes por verem mais um comeback das novas queridinhas da Coreia? Pois eu estava mais que pronta pra ver o que elas trariam a mesa, ainda mais com a temática de After We Ride (que pra quem ainda não percebeu, foi o último single delas antes do viral de Rollin’ vir). Eu esperava que as meninas entregariam um retrozinho safado e gostoso nessa aqui, pra seguir a fórmula da We Ride original, que é uma música MUITO boa.

Os visuais tinha momentos que estavam questionáveis no photoshoot, mas tinha bastante foto bem bonita (Brave Ent. faz o favor de usar essa verba entrando com elas direito, PELO AMOR DE DEUS) e a música parecia que ia ser bem boa, então…

Continue lendo “Depois de um comeback de verão ótimo, as Brave Girls vieram nos mostrar o que rolou After We Ride”
comebacks

Red Velvet constrói o seu Queendom em seu tão aguardado comeback

E ai minha gente, como foi esperar por esse comeback que demorou mais que tudo? Estão todos felizes? Pois é, eu estou com um sentimento meio agridoce com o comeback do Red Velvet, não posso mentir. Desde o desespero com a queda da Wendy, até a incrível sub-unit seulrene, e então o escândalo da ice princess (que fez com que eu me afastasse e muito do grupo) a espera por esse comeback foi se tornando algo que nem eu mesma sei dizer o que foi. Eu só perdi a vontade, se for pra ser sincera.

Red Velvet foi do grupo feminino que estava em segundo lugar na minha lista de favoritos pra… nem eu mesma sei dizer. Pelo menos uma coisa estava certa: com uma discografia semi impecável, era de se esperar que Queendom fosse boa. Isso acrescentando a hype enorme, a SM não poderia dar pra trás com esse comeback, né?

Continue lendo “Red Velvet constrói o seu Queendom em seu tão aguardado comeback”
comebacks

DJ HYO não veio com um batidão e THE BOYZ e ONF voltam com basicamente a mesma música nos lançamentos de hoje

E ai minha gente, surpresos que eu nem vou me dar ao trabalho de fazer 3 posts diferentes hoje e que vou só lançar um falando de todo mundo? Pois é, isso não é normal nesse blog, mas considerando que hoje eu acordei com uma dor de cabeça dos infernos e não me sentindo exatamente bem, decidi cortar meu trabalho praticamente ao meio com um post só.

Hoje foi comeback da senhora Hyoyeon, que decidiu trazer a Bibi para um feat. (o que certamente aumentou meu hype porque eu acabei gostando de muita coisa da bonita) numa música que todo mundo (eu) esperava que fosse um batidão. Também teve The Boyz, que lança um treco legal vez ou outra e ONF que teve um ano razoavelmente bom em 2021. A gente começa com a mais velha da casa, porque nessa casa temos fila preferencial.

Continue lendo “DJ HYO não veio com um batidão e THE BOYZ e ONF voltam com basicamente a mesma música nos lançamentos de hoje”
comebacks

Sunmi enfrenta um apocalipse zumbi em You Can’t Sit With Us

E ai meu povo, tudo certinho? Todo mundo feliz que a Sunmi decidiu lançar algo que não seja um single? (mesmo que eu ainda preferisse que fosse logo um full álbum) Pois bem, ela está entre nós pela segunda vez nesse ano com um mini álbum, que pode ser considerado até mesmo um semi milagre, levando em conta que ela aparece e solta 1/2 músicas por ano.

E, como todos vocês meio que sabem, eu sou meio suspeita com as coisas da solista porque ela sabe lançar música boa. Tail, que saiu no começo desse ano, era ótima, então eu esperava que uma música com nome que saiu direto do “Meninas Malvadas” compensasse a escolha questionável desse.

Continue lendo “Sunmi enfrenta um apocalipse zumbi em You Can’t Sit With Us”