Debut

Digam HELLO para o debut solo da Joy com um álbum remake

E ai meu povo alegre, tudo certinho? Pois eu espero que sim! Hoje é dia de falar de debut solo, mas não exatamente o que eu chamaria de debut solo. Joy ganhou um solinho pra chamar de dela, e eu estava super feliz no twitter pedindo somente que não fosse uma balada chata que tava tudo certo.

Até a SM resolver anunciar que seria com um álbum remake, e pra você que não sabe o que diabos é um álbum remake, basicamente é um monte de cover de música que já existia antes. E não, não acho que deram um toque a mais na música como Next Level (que é uma demo comprada de um OST do Velozes e Furiosos). Enfim, foi ai que minha hype pelo debut solo da minha segunda bias do RV foi por água abaixo e eu nem mesmo estava esperando algo bom nesse ponto.

Hello provavelmente é o treco mais normalzão que você vai ver esse ano pelo visto, é bem aquela musiquinha pra levantar o seu astral, mandando dar adeus a tristeza com um instrumental bem lugar comum. É isso, não tem muito mais além dessa descrição.

Eu absolutamente adoro a voz da Joy, então já estou avisando pra que não me levem a mal, mas podiam ter dado algo que valorizasse melhor isso ao invés de infantilizar a voz dela. Acho que Hello botou a Joy pra cantar num tom muito mais agudo do que eu tenho costume de ouvir (pelo menos aos meus ouvidos fico muito agudo) e isso meio que estraga a experiência toda da música pra mim. Além de ser muito lugar comum, 1001 atos mais antigos de kpop já lançaram uma Hello e isso ajuda a deixar óbvio que isso é um remake sim.

E isso não sou eu dizendo que é a música é exatamente péssima, ela somente é MUITO nada demais. Não me dá vontade de ouvir de novo, não me dá vontade de dançar, não me dá vontade de levantar e ser feliz como a mensagem da música diz. É o básico que simplesmente não faz nada por mim e sinceramente acho que a SM poderia ter dado muito mais pro debut solo da Joy além de um remake álbum com uma música simplona como essa.

O clipe também é bem normalzão e combina com a música, onde Joy encontra uma garotinha e resolve ajudar ela a encontrar o pai no meio do mato, numa incrível aventura que me lembra um filme da sessão da tarde. Joy está lindíssima, como sempre, mesmo com ela bancando a hippie nisso aqui, então pelo menos souberam valorizar a beleza da menina.

Enfim, Hello é bem lugar comum e sem graça ao meu ver. Eu vou pra sempre achar que esse debut solo da Joy foi escolhido a dedo pra ser o mais sem graça o possível e eu jogo a culpa disso na SM, que anda com muita preguiça de trabalhar seus grupos. Se tá com tanta preguiça e vai botar tanto remake assim, talvez não marcasse tanto comeback de grupo seu no mesmo mês, né?

Beijineos de luz~

Publicidade

2 comentários em “Digam HELLO para o debut solo da Joy com um álbum remake

  1. Que desperdício, fala sério! Essas fotos lindíssimas deveriam compor um mini álbum autoral para a Joy, não essa bomba completamente desnecessária de remake.
    Enfim, sigo fingindo que nada disso aconteceu (afinal, nunca mais vou ouvir mesmo rsrsrs) e torcendo para que haja FINALMENTE um comeback das Red Velvets esse ano.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s