comebacks

O amor é uma guerra e a YENA acerta em cheio com seu tiro e comeback

Acho que quem já me viu falando da Yena já sabe que eu não me conectei tanto assim com ela como solista. É aquele problema que eu trouxe a tona nos últimos lançamentos, ela tem músicas legais mas a voz dela não encaixa direito e muito menos vazia eu me apegar a essas faixas.

Love War propunha uma troca de conceito para a Yena, o que podia dar um novo ar a ela ou simplesmente desandar mais ainda em algo que já não andava muito bem das pernas.

Continue lendo “O amor é uma guerra e a YENA acerta em cheio com seu tiro e comeback”
2022 · TOP FINAL DE ANO

As 100 melhores do KPop de 2022 (FINAL)

E chegamos a parte final do top 100, depois de eu ferir pelo menos uns 10 direitos humanos com algumas das minhas escolhas por aqui, hoje nós finalmente finalizamos tudo por aqui.

Guardo algumas palavras minhas pro final desse post, então vamos nessa, se preparem para o nosso top 20!

Continue lendo “As 100 melhores do KPop de 2022 (FINAL)”
2022 · TOP FINAL DE ANO

As 100 melhores do KPop de 2022 (PARTE 4)

E chegamos na base do soco na penúltima parte do top 100 do sersly kpop. Um tanto quanto satisfatório mesmo depois de tanta loucura pra conseguir criar essa maluquice minha anual. Agora as coisas finalmente afunilam de vez e começamos a entrar nas minhas mais ouvidas, repetidas e adoradas desse ano.

Preparem aí suas pipocas e vamos ver quais são as posições de 40 – 21!

Continue lendo “As 100 melhores do KPop de 2022 (PARTE 4)”
2022 · TOP FINAL DE ANO

As 100 melhores do KPop de 2022 (PARTE 3)

E então chegamos a parte três, representando a metade do nosso top 100 anual. Sinceramente? Vem sendo um tanto quanto difícil escrever esse top e eu estou escrevendo isso enquanto espero que eu estarei postando essa belezinha 100% em dia (torçam por mim). De qualquer maneira, vamos dando início a nossa metade que tem bastante coisa daqui pra frente!

Continue lendo “As 100 melhores do KPop de 2022 (PARTE 3)”
2022 · TOP FINAL DE ANO

As 100 melhores do KPop de 2022 (PARTE 2)

E bem vindos a parte 2 do top 100 desse ano!!!11!1! Depois de decepcionar a blogosfera começar ontem com as últimas 20 colocadas do top, hoje chegamos nas bonitas que ocupam as posições de 80 – 61. Quais são as próximas colocadas? Será que vem mais decepção? Teremos alguma jumpscare sagrada nesse meio aqui? Pois bem…

Não vou me prolongar aqui na abertura desse post, então novamente peguem suas pipocas, as sobras do natal e vamos nessa!

Continue lendo “As 100 melhores do KPop de 2022 (PARTE 2)”
2022 · TOP FINAL DE ANO

As 100 melhores do KPop de 2022 (PARTE 1)

Ah, estamos chegando ao fim de 2022, finalmente. Entre tantos tapas e beijos, coisas boas e ruins, finalmente o ano se finaliza. E se tem uma coisa que não tem como deixar passar nesse blog, essa coisa é o top anual que, desde o ano passado, se tornou um top 100. Claro, coisa básica pra me fazer pirar no final de tudo, e me deixar mais maluca do que já sou.

Bem vindos ao top 100 de 2022, onde eu, Bruna, listo as músicas mais crocantes que tiveram maior presença nas minhas playlists e que com certeza não é um top biased pra um senhor cara- Enfim, algumas coisas que eu sempre gosto de repetir no início de todas essas listas:

  • A lista é dividida em 5 partes, cada uma com 20 músicas;
  • As músicas escolhidas são somente de KPop e lançamentos em coreano (mesmo que eu tenha curtido algo em japonês de um grupo coreano, isso não entra na lista);
  • Algumas músicas listadas são do final do ano passado. Minhas listas fecham na primeira semana de dezembro e se iniciam a partir da segunda para o próximo ano;
  • A lista segue o meu gosto, então caso uma música que tenha curtido não tenha entrado por aqui, joga na minha cara nos comentários e bora discutir esse relacionamento.

Com esses pontos já bem claros, podemos dar a partida para as primeiras 20 músicas (e a decadência da minha sanidade).

Continue lendo “As 100 melhores do KPop de 2022 (PARTE 1)”
comebacks

Malvada e rockeira, BoA dá as caras com a interessante Forgive Me

Se tem uma cantora que eu SEMPRE perco o timing de falar sobre aqui no blog, essa pessoa é a BoA. Mais pelo fato de que, quando ela volta, eu geralmente vou e esqueço de dar uma olhada no reddit que geralmente me mantém informada sobre tudo. É realmente uma coincidência maldita, mas tudo bem.

De qualquer maneira, BoA voltou com um mini álbum na beirolinha de dezembro que CHOCOU não ser um álbum de natal, e Forgive Me me fez passar por uma dúzia de sentimentos diferentes antes de chegar o dia de seu lançamento. E nenhuma delas botava tanta esperança nessa faixa.

Continue lendo “Malvada e rockeira, BoA dá as caras com a interessante Forgive Me”
Review

REVIEW: SEULGI – 28 REASONS

Se tem uma coisa que eu demoro a postar, essa coisa com toda a certeza do mundo são meus reviews de álbuns físicos. Sim, essas belezinhas andam saíndo mais lentamente que o normal porque (como expliquei na última review) eu estou fazendo tudo pelo celular e de vez em quando o app do wordpress pode ser um pouco… complicado, pra resumir.

Mas, com o final do ano chegando eu não poderia deixar de trazer as reviews dos meus últimos recebidos, e um deles sendo (com muito orgulho) o álbum do debut solo da Seulgi, a membro do Red Velvet que me segura por lá mesmo com meus tantos problemas com o grupo. 28 Reasons foi um álbum de debut incrível pra gata (mesmo não sendo lá essas coisas nos charts) e entregou tudo o que eu sempre pedi vindo dela. E eu não poderia deixar de pegar uma versão pra mim no meio disso tudo né?

Continue lendo “REVIEW: SEULGI – 28 REASONS”
comebacks

Se tornando egoísta, YooA rouba uma demo do Oh My Girl em seu comeback solo

Olha se tinha uma coisa que eu nunca chutaria que iria escrever sobre nesse ano, essa coisa com certeza um comeback solo da YooA. A WM, com toda certeza, é uma empresa estranha em níveis diferentes, ainda mais com as promoções solo da gata. Mas pelo menos era música com bom precedente, então isso a gente nunca recusa.

Bon Voyage, primeiro álbum solo da YooA, foi uma ótima experiência (inclusive lembro de elogiar ele horrores por aqui quando saiu). Selfish tinha uma reputação a qual deveria sobreviver e talvez (leiam com certeza) a própria WM tem uma expectativa sobre a longevidade disso no gosto das pessoas. O problema só seria se a coisa toda seria digerível pra começo de conversa.

Continue lendo “Se tornando egoísta, YooA rouba uma demo do Oh My Girl em seu comeback solo”
comebacks

EUNBI prossegue entregando coesão e música boa em UNDERWATER

Agora continuando nossa jornada entre solistas que saíram diretamente do IZ*ONE, a gente fala da primeira a debutar entre todas: Eunbi. A Eunbi é um caso que foi crescendo comigo, Door, seu debut, foi bom, mas nada incrível, Glitch foi ÓTIMA e lançou minhas expectativas pra ela lá em cima e então, finalmente, vamos ao segundo comeback dela como solista.

Underwater já prometia seguir uma linha parecida com a de Glitch, algo poderoso e minuscioso que combinasse melhor que Glitch com a Eunbi. A Woollim realmente parece interessada em seguir um bom caminho com a solista e também ir refinando os trabalhos dela até que, finalmente, eles consigam algo que seja a cara dela.

Continue lendo “EUNBI prossegue entregando coesão e música boa em UNDERWATER”