2018 · TOP FINAL DE ANO

As 50 melhores de 2018 – Parte 2

OLÁ POVO BONITO, FELIZ NATAL PRA TODOS VOCÊS! E sejam bem vindos a segunda parte do top 50 desse ano. Como estão? Espero que bem! Agora entramos na segunda leva de músicas que gostamos bastante esse ano e que, com certeza, está aqui por um motivo. Peguem na mãozinha da tia aqui, preparem-se, e vamos direto para o que interessa, não é mesmo?

40º NEONPUNCH – MOONLIGHT

Neonpunch é um daqueles grupos bem desconhecidos que acaba impressionando a gente, de certa maneira. Moonlight é uma daquelas músicas que a gente entra pra escutar sem esperar muito e acaba saindo impressionado com qualidade disso aqui. A música é B O A, inclusive muito melhor que muito grupo que é realmente famoso andou desovando esse ano, com um instrumental daqueles que a gente que dar um grito e com os vocais completamente bem colocados a música inteira. Por isso, Neonpunch deixa sua marca por aqui~

39º NCT U – BABY DON’T STOP

Como vocês sabem eu não sou a maior fã do NCT e provavelmente nunca serei, mas tenho que concordar com a Groselha contanto a Baby Don’t Stop, principalmente por ela sair bastante da linha de raciocínio que o grupo teve esse ano. A música é gostosa, com linhas que funcionam em conjunto com o instrumental e acho que foi uma das minhas favoritas desse super projeto que saiu no começo do ano com o Empathy. De vez em quando a gente acaba gostando de algo deles, né não?

38º SUZY – SOBER

Suzy é uma daquelas artistas que eu geralmente não espero me impressionar muito, então quando acontece é um inferno. SObeR não tem o melhor MV do mundo, mas deus como eu amo essa música. É uma daquelas que ta o tempo inteiro tocando na minha playlist e que eu simplesmente não consigo me cansar de ouvir, pura e simplesmente por causa de todo o conjunto espetacular da obra. A título de Face of Love não foi minha favorita, mas SObeR com certeza rouba os holofotes e brilha por si só.

37º K/DA – POP/STARS

Eu não sei se a gente não tem nenhum tipo de vergonha na cara, mas sim o K/DA aparece por aqui. Não sei se vocês considerariam isso kpop ou não, mas essa música é tão boa e gruda tanto no nosso ser que merece com certeza estar aqui. POP/STARS é um conjunto bom por inteiro, que funciona tanto que chega a dar raiva. Um ótimo trabalho da galera que coordena o LoL e que acabou resultando nas duas fanbases se juntando por isso. Amém K/DA? Amém.

36º SEVENTEEN – HOLIDAY

Seventeen é um daqueles grupos que, pra mim, funciona muito bem e que eu geralmente acabo gostando de uma ou mais músicas de algum álbum. Mesmo tendo gostado de Oh My, acho que Holiday é uma daquelas músicas que cativa e faz a gente realmente gostar do que o grupo faz. Ela é gostosa, tem uma carinha de verão e simplesmente tem a cara do Seventeen em todos os aspectos possíveis. Não tem como não adorar isso aqui e parte do trabalho desses meninos esse ano.

35º RED VELVET – HIT THAT DRUM

Eu tenho que admitir que o RV não teve o melhor ano contanto a músicas títulos, mas as b-sides realmente salvaram o grupo da completa tristeza. Hit That Drum é uma daquelas b-sides que te lembram outro grupo cofcofF(x)cofcof mas que é tão boa e gostosa de ouvir que você acaba deixando essa leve tristeza de lado. Já falei mais de uma vez que essa do Summer Magic é a minha favorita e com toda a razão do mundo, já que tem um instrumental incrível e uma high note que demora mais que a vida. Só peço que por favor o RV volte a lançar títulos cativantes, somente isso.

34º YUBIN – LADY

Yubin esse ano decidiu debutar solo e seguir aquele estilo retrô que o próprio Wonder Girls seguia, e acho que com certeza esse foi um grande acerto da parte dela. Lady é uma daquelas músicas que não vai grudar na sua cabeça, mas vai deixar aquele gostinho de “coloca de novo isso ai”, já que é uma daquelas músicas que você pode escutar mil vezes seguidas e não vai te cansar. Esperando ver mais disso aqui no ano que vem, já que com certeza ela foi uma das minhas solistas favoritas desse ano.

33º MAMAMOO – WIND FLOWER

O que falar de Mamamoo nesse ano, não é mesmo meus queridos? Acho que foi um dos mais criativos e abertos para experimentar outros estilos para elas e, claro, lançar música boa. Wind Flower é a primeira a aparecer por aqui, já que… Como falar sobre o meu amor gigantesco por essa música, né? Nem tem como, sendo bem honesta. Ela é gostosíssima de ponta a ponta e merece ser escutada sem ser com o MV para que o conjunto da obra seja melhor valorizado.

32º BTS – I’M FINE

Opa, mais uma música do Bangtan por aqui? Pois é meu povo, BTS aparece de novo com uma música que eu razoavelmente gostei mas que todos sabem que a dona Gro adorou. I’m Fine soa como uma continuação de Save Me, uma música da era Young Forever do grupo. Ela é uma música com um instrumental corrido, mas que não deixa de ser gostoso de se escutar, ainda mais com o auxilio vocal do grupo. I’m Fine funciona muito bem e é uma das poucas músicas que eu salvo da era Love Yourself do grupo.

31º SEVENTEEN – THANKS

Sim, Seventeen aparece mais uma vez por aqui e agora com a incrível Thanks. A cara, eu nem sei por onde começar com essa música, pra ser bem honesta. Ela te pega desprevenido e faz com que ame cada pedacinho dela, sendo uma daquelas músicas que a gente escuta com o coração todo felizinho. Eu, particularmente, adoro a construção do instrumental dela e, claro, como os vocais dão uma direção correta pro conjunto todo. Thanks foi umas das melhores músicas do Seventeen esse ano, com toda certeza.

E é com Thanks que a gente fecha a segunda parte do nosso top 50. Até agora, o que estão achando? Trocariam alguma coisa? Enfim, espero que estejam gostando e nos vemos na próxima parte, amanhã.

Beijineos de luz~

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s