2017 · TOP FINAL DE ANO

As 50 melhores de 2017 – Parte 2

E ADIVINHA QUEM TA DE VOLTA? Exatamente, o Top 50! E agora a gente da continuidade pra isso aqui enquanto sorri e acena, mesmo depois de tanta demora. Na verdade a partir do 40º lugar as coisas começam a ficar um teco mais apertadas e a indecisão de quem vai e quem não vai acaba ficando um teco maior do que o normal. Hoje vamos dar uma olhada nos dez próximos lugares que estão na nossa listinha e nossa recomendações pra vocês bonitos. Estão prontos pra segunda parte? ESTAMOS CAPITÃO ENTÃO BORA POVO!

40º VIXX – INTO THE VOID

Acho que todo mundo tem noção que eu tenho um amorzinho tamanho familia por Vixx e claramente eles vão aparecer aqui mais vezes nesse top 50. Into the Void é aquela paixão que rola no meio da maioria das produções deles. A música tem um tom um pouco mais pesado, mas ainda assim não perde a sua graça, sendo uma das melhores músicas do Éden em si. E é com essa obra prima que a gente abre a segunda parte do top 50~

39º HALLELUJAH – JIMIN

E depois de modificar a carinha via cirurgia plástica dona Jimin resolveu dar uma mexida na carreira solo dela e olha… Eu realmente fiquei surpresa com isso aqui. Acho que é a primeira que entra na lista com o que parece ser a nova onda do KPop, aka música com batida latina, e sinceramente ficou muito boa. A voz de esquilo ta ai, temos uns “hey!’ no meio… Isso ta cara da Jimin (mesmo que… É, deixa pra lá).

38º BOMB – RAVI

E da sessão de músicas que eu não consigo parar de escutar nem por decreto temos a título do primeiro mini do Ravi. Bomb, de primeira, não funcionou muito bem pra mim e eu acabei deixando ele guardada um tequinho por um tempo. Quando tirei da caixinha, bicho… Como eu adoro essa música e a voz do Ravi, puta merda. Bomb é muito bem construida, da uma hype enorme e faz todo o trabalho sozinha. Tá mais pra trás porque dona Groselha disse que tinha enjoado um teco dela. Mas vida que segue~

37º PLAY UGLY – AKDONG MUSICIAN

AkMu teve um ano um tanto quanto… Parado? Pois é, bem vindos a YG Entertainment, onde os artistas não ganham música nova por meses e eles ainda querem debutar mais coisa. Enfim, acho que desse ano (mesmo que eu tenho gostado de Dinosaur) Play Ugly é a que salva eles da tristeza total. Além de divertida demais a música trás uma mensagem muito interessante em sua letra. É uma das minhas favoritas deles, pra ser real.

36º GASHINA – SUNMI

Gashina também ta no meio de “não curti no começo maS DEPOIS NÃO SAIU DO REPEAT DA MINHA VIDA”. Sunmi tinha sumido como solista e, com esse comeback, eu tenho certeza que ela finalmente vai dar uma alavancada na carreira sem dó nem piedade. Mesmo que a sonoridade dessa música seja batida acho que foi bem utilizada. Coisas que salvam depois do estilo ficar batido. Literalmente a razão de não estar mais pra frente, mesmo sendo uma ótima música.

35º DYSTOPIA – B.A.P.

O que falar sobre Dystopia? Acho que BAP seria um dos poucos grupos de KPop que realmente nos daria uma música nesse estilo e olha… QUE MÚSICA! Dystopia é diferente, pesada mas ainda assim consegue trazer algo novo pro cenário que ta cheio de mais do mesmo. A música é ótima pra quem gosta do estilo, e só cai aqui porque é meio difícil de agradar a maior parte do publico que gosta de KPop por ser um estilo mais pesado.

34º RED FLAVOR – RED VELVET

E QUEM ACHAVA QUE MEU RED FLAVOR NÃO IRIA APARECER POR AQUI SE ENGANOU FEIO EIM? Acho que uma das obras primas do Red Velvet nesse ano, com toda certeza. As reerguendo da miséria que foi Rookie e trazendo pra elas esse doce gostinho de verão coreano. A música é boa, a as vozes estão ótima e isso aqui ficou tanto tempo no meu repeat que nossa senhora… Enfim, bora pra próxima né?

33º I KNEW IT – SONAMOO

E a segunda música com instrumental latino na nossa lista é, com certeza, I Knew It. Sonamoo foi trazido de volta do esquecimento pela TS por algum motivo meio aparente demais mas que eu não vou jogar na rodinha. Foram dois lançamentos ótimos, mas essa música com esse MV maravilhoso são o combo perfeito pra derrubar qualquer um. Os quinhentos “ai” nessa música, pegar na nova onda que tem no estilo… Bem vindas aos melhores, Sonamoo.

32º DON’T WANNA CRY – SEVENTEEN

ULGO SHIPJI ANHA É A MELHOR MÚSICA DO SEVENTEEN DESSE ANO. Somente isso, acabou. Minto, né só isso. Na real, essa música foi o chute no meu traseiro pra parar de dormir no grupo e finalmente parar pra assistir e gostar das músicas deles. Meu único problema foi que a música acabou me esgotando muito fácil e eu acabo não escutando ela com tanta frequência, mas ainda assim não perde os pontos por ser algo bom.

31º HANDS UP – B.A.P.

E aqui temos a música que fecha a segunda parte da nossa lista. A que deu um problemão com um dos membros e um drama tão grande que deu vontade de rodar a mão na cara de todo mundo. Hands Up, na minha opinião, foi uma das músicas título mais fraquinhas do BAP em tempos. Mesmo tendo um certo poder nela (o que acrescenta pontos), a música tem um problema muito grande na parte dos raps, que pareceram desaparecer na música. Por justa causa eles nem alcançam um top 20 aqui ):

ENFIM, essa foi a segunda parte do top 50. Ta demorando pra sair MAS TA SAINDO E EU JURO QUE ATÉ O FINAL DE JANEIRO EU TOMO RUMO NA MINHA VIDA E TERMINO DE POSTAR TUDO. Nos vemos no próximo post e quero saber quais são suas apostas pro top 30 disso aqui~

Até a próxima

Beijineos de luz~

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s