comebacks

Mergulhando de cabeça em coisa boa, IVE está de volta com LOVE DIVE

Ive foi uma daquelas surpresas totalmente inesperadas no final do ano passado, com um lançamento muito bom que acabou se dando bem pelo timing e pelas integrantes ex-iz*one no grupo. Starship mais uma vez conseguiu emplacar um grupo pós produce, só que dessa vez com um pouco mais de fama.

Então depois de gostar bastante de Eleven eu não esperava nada mais além de uma música boa com Love Dive. Ive ainda está passando pelo período de experiência comigo, e geralmente o primeiro comeback seguido bom é o que me faz ficar bem atenta a um grupo. Então estava mais que na hora de ver se elas ficavam só em Eleven ou decolavam de vez com Love Dive

Continue lendo “Mergulhando de cabeça em coisa boa, IVE está de volta com LOVE DIVE”
comebacks

Escolhendo por caos e desastre, PURPLE KISS lança a questionável memeM

Sabe qual é a sensação de ver um grupo com lançamentos ótimos se entregando a modinhas? Se não acho melhor se prepararem para essa atrocidade cometida pelo Purple Kiss agora, antes que seja tarde.

O grupo da RBW vinha num crescente comigo, Ponzona foi um debut incrível logo seguido de Zombie que foi uma das melhores músicas de 2021 na minha opinião. Então não era por nada que eu tava louca pra ver o que rolaria em memeM, afinal de contas Purple Kiss estava no bloody top lançando músicas boas. Foi quando a ficha caiu no primeiro teaser que o sonho estava morrendo e esse comeback não seria o que eu esperava nem o que eu queria.

Continue lendo “Escolhendo por caos e desastre, PURPLE KISS lança a questionável memeM”
comebacks

RED VELVET tenta sentir o ritmo num comeback confuso e sem graça

Todo comeback do Red Velvet depois do escândalo da Irene parece que é o último suspiro do grupo né? O sentimento foi esse com Queendom e agora esse mesmo sentimento volta a vida com Feel My Rhythm.

De qualquer maneira, as fotos pra esse álbum estavam lindíssimas, principalmente as fotos delas de bailarinas de caixinha. Fazia tempo que eu não curtia tanto teasers das meninas, então isso me deu meia animação pro que vinha por ai. Que depois foi pisoteada sem dó nem piedade pelo teaser do MV, que já mostrava que talvez Feel My Rhythm fosse um desastre.

Continue lendo “RED VELVET tenta sentir o ritmo num comeback confuso e sem graça”
comebacks

ROCK N’ ROLL NA VEIA! (G)I-DLE são fucking TOMBOYs em seu mais novo comeback

Se vocês me dissessem no começo desse ano que o Idle estaria fazendo comeback logo em março e ainda por cima com um full álbum eu provavelmente não acreditaria e chamaria meio mundo de louco. Sim, esse era o tamanho da minha falta de esperança na Cube de colocar o grupo pra funcionar de novo depois de todo o escândalo de bullying da Soojin, que resultou na saída dela do grupo.

Então pra mim é uma alegria tamanho família ver as meninas de novo, lançando coisa, nem que seja um full álbum de 8 músicas que provavelmente vai servir de estresse pro dia que eu for lançar a review completa desse álbum delas. Mas por enquanto a gente faz os chifrinhos com a mão enquanto ouve Tomboy.

Continue lendo “ROCK N’ ROLL NA VEIA! (G)I-DLE são fucking TOMBOYs em seu mais novo comeback”
comebacks

VEN PARA é uma decisão questionável e horrível para o WEEEKLY

Se tem um treco que estava sendo questionado antes mesmo de sair, esse treco com certeza era esse comeback do Weeekly, um grupo que criou uma imagem alegre e jovial, lançando músicas igualmente alegres e leves de se ouvir, mesmo que essas fossem 50/50 pra se gostar. É estranho ver um grupo que teve somente 4 lançamentos pegar tudo isso e jogar pela janela.

Mas foi o que rolou, não sei o que deu na cabeça da IST (que fui descobrir outro dia que é o novo nome da PlayM) pra meter essa mudança visual e sonora no grupo do nada, mas Ven Para tinha tudo pra dar extremamente errado desde que eu escutei o teaser da música a primeira vez.

Continue lendo “VEN PARA é uma decisão questionável e horrível para o WEEEKLY”
comebacks

CHERRY BULLET é levado por um gato preto em uma aventura em LOVE IN SPACE

Depois de Kim Bora ser uma das integrantes do Cherry Bullet a ir mais longe no GP999 e não entrar no Kep1er (o que nesse momento eu não acho que tenha sido algo ruim pra bonita), era esperado que a FNC levantasse e fizesse alguma coisa com o pouco de popularidade que a menina ganhou. Bem, se passaram alguns meses do programa e cá estamos com Cherry Bullet fazendo seu primeiro comeback pós GP999.

Sendo um daqueles grupos que lança um treco legal aqui e outro bem dispensável acolá, eu somente pedia para que a empresa tivesse uma demo legalzinha pras meninas pro grupo continuar com a sonoridade deliciosa de Love So Sweet. E Love In Space prometeu bastante em seus teasers, me deixando levemente numa hype para esse comeback.

Continue lendo “CHERRY BULLET é levado por um gato preto em uma aventura em LOVE IN SPACE”
comebacks

ROCKET PUNCH abraça de vez o retrô em CHIQUITA

Rocket Punch é um daqueles grupos que começou forte, deu uma derrapada (vulgo: Juicy) e depois conseguiu se recuperar 100% com o último lançamento delas. Tudo isso meio que as custas de uma capengada na produção das meninas, com a woolim dando um dos álbuns físicos mais básicos da face da terra para as meninas. Bem, elas não tinham dinheiro mas pelo menos tinham a maravilhosa Ring Ring.

E acho que a woolim viu potencial na combinação de Rocket Punch com a onda retrô naquele comeback, com uma sonoridade que ficou extremamente bem trabalhada com as meninas e que combinou com o grupo por inteiro, desde visualmente até sonoramente. Chiquita em seus teasers parecia abusar dessa temática por inteiro.

Até teasers como esse de cima, onde elas ensinam pontos da coreografia, pareciam abusar da estética retrô (e da estética “estamos presas num porão, por favor ajude”). A woolim parece ter visto que poderia dar certo direcionar o grupo pra isso e eu estava realmente ansiosa pra ver o que Chiquita traria pra rodinha.

Continue lendo “ROCKET PUNCH abraça de vez o retrô em CHIQUITA”
comebacks

Não sabemos do que Taeyeon tem inveja quando ela tem INVU como sua nova título

Can’t Control Myself, como uma pré-release, fez um trabalho maravilhoso para subir toda e qualquer hype que eu tivesse para o lançamento completo da Taeyeon. INVU nem tinha um nome e eu já estava parecendo doida esperando por ele e contando cada um dos diazinhos para que fosse lançado.

Ai veio nome, veio as fotos teaser que estão IMPECÁVEIS e até mesmo o teaser da música principal que alavancou toda a minha expectatica para o que a nossa idosa favorita colocaria para jogo. E então hoje nasceu INVU, para a minha alegria.

Continue lendo “Não sabemos do que Taeyeon tem inveja quando ela tem INVU como sua nova título”
comebacks

TAEYEON está fora de controle em Can’t Control Myself

Se teve uma coisa que me pegou desprevinida foi o fato que a SM resolveu dar um comeback para a Taeyeon totalmente aleatório. Sim, eu sei, não é como se todas as coisas que a gata lançou nesses últimos tempos fossem algo que eu estava super esperando, mas logo na metade de janeiro eles anunciarem uma pré release com quase uma semana de antecedência me deixou com um ponto de interrogação na testa, mesmo que ainda muito feliz.

Can’t Control Myself teve umas fotos teaser que ajudaram bastante no fator curiosidade, ainda mais se a gente for pensar que saímos de um single como Weekend, super colorido, para algo mais dark. E como eu ADORO uma temática mais dark estava mais que ansiosa pra ver o que uma das minhas solistas favoritas traria pra jogo no começo desse ano.

Continue lendo “TAEYEON está fora de controle em Can’t Control Myself”
comebacks

PIRATARIA SIM! Ou pelo menos essa deveria ser a mensagem do EVERGLOW com PIRATE

Se tem um grupo de kpop que me faz ter menos esperanças na humanidade toda vez que faz comeback, esse grupo é o Everglow. Sim, sim, eu sei que tem grupo lançando uns trecos piores que elas, isso nem é segredo na verdade, mas a real é que as meninas perderam uma boa parte so meu respeito depois de saírem da maravilhosa LA DI DA para FIRST que… é frustrante, pra que ser bacana com o grupo.

Então não, PIRATE não me deu nenhuma esperança de ser boa logo no momento que eu vi o anuncio desse comeback. Na real dessa vez pelo menos as fotos combinavam com o provável desastre que seria esse comeback (porque nossa os caras nem se deram ao trabalho de fazer o jogo de luz no photoshop dar certo) e isso me deu até certa paz de espírito. E claro, como as expectativas eram baixas nem tinha como eu me decepcionar né?

Continue lendo “PIRATARIA SIM! Ou pelo menos essa deveria ser a mensagem do EVERGLOW com PIRATE”