comebacks

PIRATARIA SIM! Ou pelo menos essa deveria ser a mensagem do EVERGLOW com PIRATE

Se tem um grupo de kpop que me faz ter menos esperanças na humanidade toda vez que faz comeback, esse grupo é o Everglow. Sim, sim, eu sei que tem grupo lançando uns trecos piores que elas, isso nem é segredo na verdade, mas a real é que as meninas perderam uma boa parte so meu respeito depois de saírem da maravilhosa LA DI DA para FIRST que… é frustrante, pra que ser bacana com o grupo.

Então não, PIRATE não me deu nenhuma esperança de ser boa logo no momento que eu vi o anuncio desse comeback. Na real dessa vez pelo menos as fotos combinavam com o provável desastre que seria esse comeback (porque nossa os caras nem se deram ao trabalho de fazer o jogo de luz no photoshop dar certo) e isso me deu até certa paz de espírito. E claro, como as expectativas eram baixas nem tinha como eu me decepcionar né?

Continue lendo “PIRATARIA SIM! Ou pelo menos essa deveria ser a mensagem do EVERGLOW com PIRATE”
comebacks

KILLING ME é mais uma prova de que na CHUNGHA podemos confiar

Se tem uma solista no kpop que me dá total segurança de que posso me entregar ao hype toda vez que ela anuncia algo, essa solista é a Chungha. A mulher sempre nos entrega tudo e mais um pouco em seus lançamentos (mesmo que Bicycle seja algo meio duvidoso) e nem tem como evitar sentir aquela felicidade no momento que ela anuncia algo.

Claro, eu realmente não esperava que ela fosse dar as caras esse ano novamente. Depois de um biblia no formado de álbum com o nome de Querencia eu tinha minhas duvidas da Chungha promover mais algo nesse ano. Isso combinado com o fato que a MNH, empresa da gata, está passando por uns perrengues financeiros tem algum tempo (o BVNDIT, gg da mesma empresa, está a mais de um ano em hiatus) eu jurei fortemente que Chungha somente no ano que vem. Mas, com ela sendo o principal ganha pão da empresa, ela ganhou um single que saiu hoje:

Continue lendo “KILLING ME é mais uma prova de que na CHUNGHA podemos confiar”
comebacks

Apesar do nome, SIESTA é o primeiro comeback do WEKI MEKI no qual vocês não deveriam dormir

Weki Meki recebendo comebacks de última hora nunca é uma surpresa de verdade, né? Pois bem, a Fantagio resolveu sacudir as coisas e finalmente dar algo para seu girlgroup fazer depois de mais de um ano onde nada foi lançado por elas. Eu realmente não entendo o plano da empresa contanto essas promoções delas, mesmo sabendo que provavelmente isso tem a ver com o grupo não fazendo tanto sucesso na Coreia.

De qualquer maneira, eu e WeMe não temos lá um bom histórico, principalmente porque eu nunca gostei de nenhuma das títulos das gatas, mas eu esperava que Siesta talvez mudasse isso. Os teasers da música entregaram algo bem bom e eu genuinamente estava esperando bastante desse comeback do grupo.

Continue lendo “Apesar do nome, SIESTA é o primeiro comeback do WEKI MEKI no qual vocês não deveriam dormir”
Música por Música

MÚSICA POR MÚSICA: TWICE – Formula of Love O+T=<3

Eu, em todos esses anos de indústria vital nunca pensei que estaria tão na hype de escrever um música por música do Twice. Chega a ser estranho, porque quem acompanha esse blog a mais tempo sabe muito bem que eu sempre achei a discografia das meninas extremamente fraca e, a cada comeback, eu somente saia pra descer a paulada no grupo. Mas, como eu disse no post de Scientist, meus sentimentos com o grupo mudaram radicalmente desde que o Eyes Wide Open saiu e Twice finalmente me fez gostar de mais de uma música dela, b-sides inclusas.

E, já que eu não fiz review do Eyes Wide Open, eu não poderia NUNCA deixar passar a oportunidade de fazer um música por música completinho de um full álbum do grupo, e que melhor maneira do que começar com o Formula of Love, álbum com 16 faixas (uma sendo reciclada e outra um remix) que as meninas decidiram dropar nesse penultimo mês do ano? Pois bem, como sempre, peguem a pipoca e se preparem porque esse post provavelmente vai ser longo!

Continue lendo “MÚSICA POR MÚSICA: TWICE – Formula of Love O+T=<3”
comebacks

As cientistas malucas do TWICE nos dão a fórmula para amar seu comeback em SCIENTIST

TWICE é um grupo com o qual eu tenho uma relação de amor e ódio, onde eu passei a maior parte dos anos de promoção delas torcendo meu nariz para os lançamentos delas, pura e simplesmente porque eu não aguentava muitas coisas que eram empurradas pelo grupo. As coisas começaram a mudar um pouco com essa nova fase de lançamentos do grupo, ganhando um pico com I Can’t Stop Me que é minha música favorita do grupo até hoje. Então eu hoje em dia fico de olho nos comebacks das meninas, mesmo que me mantendo neutra por conta de lançamentos como Alcohol-Free.

Quando anunciaram o Formula of Love, novo full álbum do grupo, eu simplesmente ADOREI as fotos conceito dele e tudo que estava nos teasers. Isso aumentando quando droparam o highlight medley desse álbum, que me deixou numa hype ENORME por SCIENTIST, que pareceu ser mais uma ótima título vinda do grupo (e claro, eu estava feliz por poder fazer mais um música por música de um full álbum de verdade). O conceito, a música, tudo aqui me deu esperanças, sabe?

Continue lendo “As cientistas malucas do TWICE nos dão a fórmula para amar seu comeback em SCIENTIST”
comebacks

ONEUS entrega a sua melhor título até hoje com LUNA

Não é muito segredo que ONEUS começou muito bem obrigada como grupo, com um ótimo debut, pra depois começar a ter deslize após deslize, com uma coisa ou outra aproveitável nesse meio. É um grupo masculino pelo qual eu simpatizo, mas gostaria que eles usassem mais fórmulas como a de Valkyrie, To Be or Not To Be e Black Mirror (que por acaso foi o último comeback deles).

Esses pequenos deslizes me levaram a não esperar muito deles quando fazem comeback, então eu não estava com muita esperança de gostar de LUNA. É aquilo, poderia ser uma música ótima ou simplesmente decepcionante em vários níveis.

Continue lendo “ONEUS entrega a sua melhor título até hoje com LUNA”
Música por Música

MÚSICA POR MÚSICA – XOXO

Acho incrível como um quadro que eu criei para avaliar somente full álbuns agora se tornou um quadro sobre álbuns que não cumprem sua função em ter o mínimo: música. No música por música de hoje eu vos trago o primeiro full álbum de Jeon Somi, ex IOI, quase ITZY e agora solista do The Black Label que faz um comeback por ano se a empresa ao menos se der ao trabalho de fazer algo pra ela. Essa semana tivemos o lançamento de XOXO que já não foi muito feliz em muitas opções. Essa review pode ser uma das mais curtas aqui (!!!!), mas eu não poderia deixar de ter meu momento para tacar o pau avaliar esse conjunto da obra que por acaso é minúsculo.

Continue lendo “MÚSICA POR MÚSICA – XOXO”
comebacks

SOMI nos ensina que matar homem é bom em XOXO

Se tem uma coisa que vem me irritando mais do que deveria nesses últimos lançamentos de full álbum é o número preguiçoso de faixas que eles entregam. Venhamos e convenhamos, 8 faixas no que é chamado de um “full álbum” soa mais como uma tirada de marketing pra tirar mais dinheiro de fã, já que full álbuns vendem por um precinho a mais.

Com isso dito, Somi conseguiu fazer pior e além de um full com somente 8 faixas, somente 4 dessas são inéditas. Isso mesmo, XOXO tem 4 faixas recicladas de outros singles da Somi, que já mal faz comeback por si só. Isso que eu chamo de jeito errado de construir hype em cima de um lançamento… enfim, o álbum saiu hoje e eu vou ser obrigada a comentar sobre a título e o resto dele em um post separado né?

Continue lendo “SOMI nos ensina que matar homem é bom em XOXO”
comebacks

NCT 127 está de volta com Favorite e… pelo menos não é Sticker

Se tem uma coisa que tira a minha vontade de sequer escutar uma música é quando eu sei antes mesmo de clicar no play que ela vai ser horrenda. Acho que essa sensação já vem faz tanto tempo abraçada a mim quando se fala do NCT, principalmente 127, que eu simplesmente NÃO COMENTEI OS ÚLTIMOS COMEBACKS DELES. O que é engraçado, porque acho o Dream igualmente ruim mas pelo menos eu dou risada das músicas péssimas e vida que segue.

NCT 127 se leva sempre muito a sério nessa barulheira de oppa badass que eles adoram soltar, e isso combinado com músicas experimentais que doem minha alma (eu não ia escutar Sticker, uma amiga minha me falou pra escutar e o resultado foi parte da minha alma desistindo, que treco HORROROSO) me faz fugir de tudo. Mas hoje eu falei “vai Bruna, comenta Favorite pelo ibope, tu consegue!”

E cá estou.

Continue lendo “NCT 127 está de volta com Favorite e… pelo menos não é Sticker”
comebacks

LIGHTSUM rouba uma demo do WJSN para seu primeiro comeback com VIVACE

E ai meu povo bonito, como estão se sentindo nesse pós feriado? Descansados ou odiando que tem que voltar a vida normal? Pois bem, espero que pelo menos estejam animados que hoje tem o primeiro comeback do ggroup mais novo da Cube: LIGTHSUM. Depois de debutar lá no início do ano com a açucarada porém ok Vanilla, eu nem estava esperando muito por um comeback incrível do grupo.

Era aquilo, um debut ok que não era muito marcante com certeza não me faria tremer de ansiedade por um novo lançamento do grupo. Na verdade eu nem sabia se a Cube se daria ao trabalho pra isso, sabendo que a empresa é totalmente torta, eu nem esperava um comeback do LIGHTSUM tão cedo, mas cá estamos com VIVACE.

Continue lendo “LIGHTSUM rouba uma demo do WJSN para seu primeiro comeback com VIVACE”