comebacks

EXID está botando fogo na prisão em seu comeback de aniversário

Se tinha um grupo que eu não esperava ver lançando um single comemorativo, esse grupo é o EXID. Ainda mais comemorando 10 anos, isso aqui é uma marca e tanto quando falamos de um grupo que sobreviveu por um viral de uma fancam. E, com certeza, é motivo de festa.

Claro, a festa está um tanto quanto pequena: um single álbum pra comemorar aniversário de dez anos depois de sabe-se lá quanto tempo sem ver o grupo junto é um tanto quanto entristecedor, mas eu também não poderia dizer qual foi o orçamento dado pras meninas lançarem isso então… triste mas sem julgamentos, sabe?

Agora sobre FIRE, eu real não estava lá super esperando algo. Eu nunca fui super apegada a discografia do EXID (acho que as músicas delas que mais duraram comigo foram I love you e talvez Lie). Então era um sentimento de “bom te ver de novo” mesmo que junto com um “eu sei que não vou curtir tanto isso”.

Então é realmente fogo no parquinho e em todo mundo que elas queriam, achei bem conceitual… de qualquer maneira Fire pode até ser uma música divertida, mas o meu sentimento é o mesmo ao resto da discografia delas: não dura comigo.

Fire foge um pouco do que a gente assume que veria num comeback do EXID, elas pegaram a fórmula de sucesso delas, amassaram e jogaram janela a fora. A faixa está mais pendendo pra um girl crush com instrumental reinando no refrão do que qualquer outra coisa. Tem aquele toque estilistico que faz a gente saber que isso aqui é o EXID e não um grupo nugu qualquer, mas passa muito próximo de ser uma música lugar comum.

Sabe aquele sentimento de “se eu chutar uma árvore em Seul caem uns cinco grupos lançando o mesmo”? Pois é, exatamente isso. Por mais que a construção de Fire de um toque divertido pra ela, e ainda que você consiga diferenciar isso como um single do EXID, ainda sinto que estou escutando um single engavetado de outro grupo, que foi levemente melhorado pra se encaixar com as meninas.

Fire é uma música simples, que mira em um instrumental que eu já vi em algum lugar e com as linhas distribuidas de uma forma que deixa a música mais lugar comum ainda. O instrumental do refrão, que tenta ser badass e não vai muito longe, o drop final da música… seria algo perdido 100% se não tivesse aquele leve toque do EXID. E mesmo assim não é funcional pra mim, muito menos como um single de 10 anos.

O clip está bem bonitinho, mesmo que mostre bem como o orçamento pra esse lançamento estava bem baixinho. Presidiarias bonitonas colocando fogo em tudo é um conceito legal, que elas conseguiram aplicar bem. Ficou bonito, as meninas estão muito bonitas também, então pontos pra parte visual.

EXID comemora seus 10 anos com uma música que não me é muito palatável, mas tudo bem, a gente perdoa pela marca que as meninas alcançaram. Parabéns ao grupo e que continuem lançando coisa sempre que possível.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s