Debut

LE SSERAFIM surpreende com um ótimo debut com FEARLESS

Nada melhor que acordar e ver que a Sakura foi retirada da geladeira da Hybe e finalmente está fazendo seu debut oficial no grupo de kpop que ela vai ficar de vez depois de sua graduação no HKT48. A verdade é que foi ela que logo de cara me fez virar meus olhos pro Le Sserafim, porque se fosse pelo nome e essa escolha de dois S no começo do serafim…

O maior problema é que quanto mais saiam os teasers mais eu me encontrava criando uma certa hype por esse debut (mesmo com a Hybe e a Source não merecendo muito depois do que rolou com o GFriend), e quando o HM pra esse mini de debut saiu eu estava com todas as esperanças pra elas fazerem TUDO e mais um pouco. Fearless tinha se vendido muito fácil pra mim, então eu só queria que expectativas fossem alcançadas.

Fearless é uma ótima escolha, ainda mais passando essa vibe de “mulher independente e fodona” sem precisa se jogar demais no tryhard (que geralmente é o gênero de escolha de ggroups pra esse tema), mas vejo muita gente erguendo sobrancelhas pra ela por alguns pontos.

Eu gosto do quão chill essa música é, a linearidade me agrada tanto quanto uma bagunça bem feita. E eu acho que Fearless se encaixa perfeitamente a premissa inicial do grupo, o pelo menos ao conceito implicado nos teasers: elas serem modelos. Isso aqui é uma catwalk song com todas as letras possíveis e acaba encaixando com o conceito.

Só que esse gênero de música que explora uma linearidade e falta de um estouro com certeza pode ser um problema pra muita gente que for escutar Fearless, ainda mais que os momentos mais explosivos da faixa são muito rápidos e pouco explorados. Eu curto o edging que essa música explora, crescendo rapidamente no pré refrão pra voltarmos a estaca zero com o refrão em si. É uma quebra de expectativa ótima, mas que com certeza não vai agradar todos.

Além disso, outro ponto que vejo que não vai agradar muito é o quão repetitivo é o refrão, onde tem ele mira mais na sonoridade cantada do que o quanto aquilo é repetido. De novo, eu acho interessante mas não é pra todo mundo, então vou colocar Fearless como algo que vai depender muito do seu gosto. Eu curti mas pode ser que você não.

O meu maior problema com isso, entretanto, é a coreografia. Sim, ela foi mudada para o ao vivo pelo que deu pra ver no showcase do grupo e, mesmo eu não sendo a primeira pessoa a pular no trenzinho do “sexualização de menores!!!” que se tornou algo até exagerado as vezes por fãs, eu realmente acho de mal gosto colocarem essas meninas no chão pra um passo como o “hump the ground” que ela fizeram na bridge da música no clipe. Pra que colocar aquilo pra início de conversa né?

Outro ponto é como clipe parece muito mais vazio do que a premissa inteira que foi feita pelos teasers. A fotografia é extremamente bem feita, as trocas de cenários e até mesmo jogo de cores está legal mas… tudo parece beirar o simples demais. Tem horas que é lindo e tem horas que parece que estou assistindo um dance practice um pouco mais elaborado. A Hybe provavelmente poderia ter se dado um pouquinho mais ao trabalho nesse aqui.

Mas, o debut é sólido e eu acho que é isso que importa. Le Sserafim começa bem, com uma música gostosa de se ouvir e que quebra totalmente a expectativa do que um grupo feminino com certa popularidade poderia tentar. E claro, com um mini de debut bem acima da média. Faz minha mãozinha coçar pra comprar esse álbum e seguir as meninas de perto, porque pelo menos a qualidad está ai.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s