Favoritos do Mês

FAVORITOS DO MÊS: Janeiro de 2022

Pois é, fazem alguns bons meses desde que eu parei de comentar meus favoritos do mês mas, já que estamos de ano novo, eu estou aqui para trazer de volta os quadros que deram uma morrida no ano passado e que também vão me ajudar a organizar a coisa toda que é esse blog. Esse ano vai ser um tequinho mais corrido pra mim em questão de estudos, mas, o que acabar não tendo um spotlight solo e eu acabar gostando vai aparecer por aqui.

Enfim, vamos ao primeiro favoritos desse ano:

BILLLIE – SNOWY NIGHT

Começando com o resto das coisas que saíram em dezembro do ano passado e eu curti, vem a natalina Snowy Night, do Billlie. Eu sei bem o quanto eu desço o soco em música natalinas e, realmente, elas geralmente me desagradam e muito, mas tem uma ou outra que raramente se salvam, e esse foi o caso de Snowy Night, que parece algo que foi roubado da gaveta de demos do Red Velvet e caiu em mãos tão competentes quanto. É uma música bonitinha e deliciosa de se ouvir. Já disse o quão estou ansiosa pra ver o que o Billlie traria para esse ano, e cada mais essa minha ânsia aumenta com esses lançamentos ótimos delas!

AESPA – DREAMS COME TRUE

Tem duas coisas que me fazem extremamente suspeita pra falar dessa remake aqui: eu adorar incondicionalmente a original do SES, e eu adorar o aespa. Então provavelmente os meus 2 centavos sobre a remake de Dreams Come True já era esperada como eu babando na música. Ela não supera a original, e eu acho que nem era essa a intenção pra início de conversa, mas ela é um throwback muito bem feito para os anos 90, com alguns elementos mais moderninhos pra sacudir a poeira e dar uma cara mais nova a obra. Eu realmente e genuinamento curti essa aqui. Agora dona SM, dá pra vocês darem mais algum treco original pras meninas cantarem?

MINHO – HEARTBREAK

E SAIU A NOTÍCIA QUE NINGUÉM ACREDITOU: UM SOLO DO MINHO. Sendo o único do SHINee que estava em falta de uma carreira solo, Minho finalmente lançou algo dele e não pra um station aleatório. Por mais que eu tenha quase certeza que solos não sejam a prioridade dele, é sempre bom ver ele dando as caras entregando músicas deliciosas com o vocal dele que é quase um calmante de tão gostoso de se ouvir. Heartbreak é uma música que foge lindamente do esperado, entregando algo mais lento mas que ainda é forte e marca presença. Uma ótima música, uma pena que ela saiu nos 45 do segundo tempo no ano passado.

KEP1ER – MVSK

O debut do Kep1er com Wa Da Da foi horrendo com todas as letras possíveis. Sinceramente, ainda me pergunto o que tinham na cabeça quando pensaram que aquela música seria uma boa idéia pra ser título do álbum de debut do grupo, ainda mais com uma MVSK na tracklist do álbum. Essa aqui se tivesse sido a título de verdade do grupo provavelmente teria limpado os 97 pecados com o qual esse já debutou. É uma música bem estruturada, com uma cara completamente diferente da entregue pelo grupo logo de cara. Tudo aqui dá certo, mas pelo visto optaram pelo pior caminho pra elas com Wa Da Da.

WJSN CHOCOME – SUPER YUPPERS

Quem diria que o Chocome faria mais um comeback e seria, ainda por cima, com um bop tão grande quanto Super Yuppers? A Starship ter decidido emular o Orange Caramel com essa sub-unit foi um dos melhores planos que poderiam ter tido, entregando uma música divertida e extremamente leve como essa no meio do caos que andam sendo os lançamentos de muitos grupos. A faixa brinca no safe, mas é exatamente o que é necessário para agradar e acertar exatamente onde deveria no ponto de diversão.

WHEE IN – MAKE ME HAPPY

Para a minha surpresa (e imagino de outros) Whee In lançou uma música mais lentinha mas que ainda assim não me dá sono com Make Me Happy. Isso já me faz pensar que ter assinado com o label do Ravi foi uma ótima jogada da gata, com ela podendo entregar um sonzinho tão agradável quanto o dessa faixa. É uma música mais tranquila, ela não tenta te surpreender em nada, mas ao mesmo tempo o leve pulso que ela tem com os vocais da Whee In funciona e faz com que Make Me Happy seja uma daquelas músicas relaxantes e interessantes de ouvir.

TAEYEON – CAN’T CONTROL MYSELF

Com certeza a minha favorita das minhas selecionadas desse mês, Taeyeon entregou tudo e mais um pouco em Can’t Control Myself. A combinação da atmosfera mais obsucra e melancólica da música, com o instrumental mais do que perfeito e a voz da Taeyeon fazendo com que a faixa crie uma vida impressionante. Eu realmente gosto de todo o direcionamento disso aqui, o que, como eu já disse, me faz entrar numa hype imensa pelo que o INVU vai trazer a mesa. Não saiu do repeat e provavelmente nem vai sair, obrigada pelo hino Taeyeon!

FROMIS_9 – DM

Fromis_9 faz comeback e marca presença por aqui, não tem jeito, as meninas me conquistaram com suas músicas, e claramente DM não seria exceção a regra. Aqui elas pegam o que certo em seus últimos comebacks e fazem acontecer de novo, com um mudança aqui e ali na sonoridade das coisas. A faixa tem tudo numa dosagem boa e agradável, além de uma das meninas encarnando um golfinho em formato de highnote no último refrão da música, coisa que eu adoro. Que o Fromis_9 faça mais comebacks esse ano e entreguem mais coisas como DM.

YUJU – PLAY

O primeiro debut de uma ex-GFriend em sua nova carreira veio diretamente das mãos da Yuju, e eu vou ser bem sincera: eu estava extremamente na hype por esse debut. Por que? Somente porque a voz da gata me agrada e MUITO. Eu só não esperava ganhar uma música tão boa quanto Play em sua título, assim como um mini extremamente sólido para um debut solo. Eu gosto bastante dos leves toques mais tradicionais no instrumental da música, eles são sútis mas efetivos em criar uma certa atmosfera a coisa toda, e a Yuju entrega um vocal explêndido para a música. Um ótimo debut, agora eu me pergunto o que o trio do Viviz vai trazer quando for a vez delas agora em fevereiro.

MOON BYUL – LUNATIC

Mais um solo de uma das meninas do MAMAMOO, parece até que eu voltei a época que eu era 100% puxa saco do grupo em tudo que elas faziam. MAS, a culpa não é minha que as duas bonitas decidiram lançar uns trecos super interessantes de ouvir. Enquanto Whee In mirou e acertou no agradável, Moon Byul acertou em trazer um som gostoso e divertido de se ouvir. Lunatic é uma música de uma personalidade brilhante (que se reflete em como a Moon Byul está se mostrando no clipe e promoções), que é extremamente chiclete. Não tem como escutar a faixa e não ficar repetindo os “lu-lu-lu-luna-lunatic!” dela.

Enfim, esse post era pra ter saído ontem (domingo), mas eu simplesmente havia esquecido como ser um ser humano funcional e também esqueci que tinha que postar isso. Oops? De qualquer maneira, fevereiro não iníciou muito movimentada, o que é uma pena, mas temos muita coisa vindo por ai que me deixa extremamente alegre pelo mês. O que será que aparece nos favoritos desse mês, hm?

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s