Debut

Peguem a mesa e as raquetes que hoje é dia de assistir a HyunA e o DAWN jogando PING PONG

E ai minha galera? Cês curtem um joguinho de ping pong? Ou pelo menos tentam jogar sem mandar a bolinha pra algum lugar de onde ela nunca vai ser resgatada? Pois é, pelo visto deve ser o jogo favorito da Hyuna e do Dawn, pra ser o nome da primeira música dos dois como uma duplinha romântica. E se querem que eu seja bem sincera sobre o que eu esperava disso, aqui vai: eu tinha 0 expectativa de ser bom. Primeiro que os últimos lançamentos da HyunA nunca me compraram por completo, segundo que o único lançamento do DAWN foi péssimo. E, claro, a P Nation não poderia deixar de lado uma oportunidade de colocar o casal pra fazer duplinha, ainda mais que é marketing (principalmente pro Dawn, que querendo ou não tá vivendo a sombra da HyunA). Ping Pong acaba sendo o esperado:

Uma música que se resume em “eu te amo enquanto bato com a bunda no chão”. Vocês esperavam algo muito diferente disso? Porque tava meio óbvio que seria sobre o relacionamento dos dois, com uma letra que explora o amor de ambos mas que não deixa de ter o batidão da HyunA™.

Pra início de conversa eu quero falar da linha do DAWN no primeiro verso “I want you to be My Official Muse (M.O.M)” porque colega, a HyunA é só dois anos mais velha que você, não vem com essa de mom, mommy, mother, que soa MUITO estranho. Isso sem contar os outros momentos que a letra dessa música não faz lá muito sentido dentro da minha cabeça, com algumas metáforas que eu não sei se meu cérebro não é grande o suficiente pra entender ou se são somente ruins mesmo.

Sobre a música em si, ela é exatamente o que eu não gostei em I’m Not Cool, da própria HyunA. Eu acho que existe um excesso sonoro desnecessario em diversos momentos, o refrão principalmente. E falando nele, o efeito sonoro que decidiram colocar depois do drop dele me dá genuinamente dor de cabeça. Mas isso é uma coisa minha, se não te der provavelmente você vai acabar curtindo a música porque, mesmo com excessos, ela não é uma bomba sonora como as que um certo produtor ai que vai estar no solo de uma certa pessoa ai ama jogar no público.

O clipe parece o ressurreição de California Girls da Katy Perry, só que (mais) drogado num nível absurdo. Eu achei que os figurinos prestariam, mas nãaaaaao, é um treco absurdo atrás do outro (menos aquele vestidinho jeans da Hyuna, ficou linda, linda) e sinceramente, pra que pesar a mão tanto no colorido quando o cenário em si é o vômito de uma criança depois da festa de outra? Inclusive um ponto que eu fiquei muito “gente, cês neram profissionais?” foi quando a HyunA tava vestida parecendo uma backup dancer e o único destacado era o DAWN.

Prova do crime bem aqui

Com um clipe meio extra demais e uma música que com certeza vai me deixar com dor de cabeça por alguma horas, HyunA e DAWN consolidam seu amor na forma de música com escolhas muito questionáveis. Se eles estão felizes com isso não vai ser eu quem vai tentar abalar os dois, mas ainda acho que poderiam ter feito algo melhor sem abandonar o conceito principal de “te amo enquanto balanço minha bunda”.

PS: eu categorizei como debut, vocês que lutem pra achar isso aqui depois porque eu to genuinamente confusa em onde eu soco esse casal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s