comebacks

Oneus pede desculpas e se redime comigo em Black Mirror

E ai meu povo, tudo certinho? Pois eu espero que sim~ Pois bem, Oneus está de volta com o que eu estou presumindo ser um repackage do seu primeiro full álbum. Se vocês não viram a review nem da título nem do álbum, em resumo, aquilo foi uma total decepção pra mim. Das 3 músicas que salvei só uma vingou na minha playlist e eu até hoje acho aquela título uma afronta contra minha pessoa, mesmo tendo coisa mil vezes pior no mercado do kpop (tipo aquela ofensa do NCT Dream de ontem). Então eu não tinha lá muita esperança do Oneus renascer das cinzas como uma linda fênix e trazer uma título maravilhosa.

E eu agradeço por estar errada, porque meu cérebro não aguentaria mais uma bomba nessa altura do campeonato. Oneus acertou gostosíssimo nessa aqui.

Pra início de conversa: o baixo nessa aqui meus amigos, que delicinha viram? Black Mirror consegue explorar um lado interessante da modinha do retrô, bebendo da fonte mas não necessariamente fazendo algo retrô. Se utilizando de uma base disco em partes do instrumental e construindo algo mais moderninho em cima disso, Oneus não entrega exatamente um número retrô, mas faz referências a ele em diversos momentos da música. Tem muitos pontos positivos nisso aqui, principalmente que a música não pesa nos raps em nenhum momento e mantém um ritmo gostoso na construção vocal + instrumental. Isso aqui tá tão feitinho que dá pra fingir que não escolheram aquela abominação como título do primeiro álbum.

O clipe brinca entre referências a Michael Jackson, principalmente falando de coreografia e vestimenta, e fazer jogos de cores, contrastando momentos monocromáticos com outros extremamente coloridos. É um MV super bonitinho, mesmo que mais simples que o da título anterior (coisa que aconteceu com o ONF, mas dá pra ver qual empresa tem mais reserva de orçamento entre as duas). Achei bem bonita toda a parte visual disso aqui, inclusive a simplicidade das cenas, que na maioria são de dança, ajuda no contraste de cores que eles fazem nisso aqui. RBW foi esperta nessa escolha aqui.

Enfim, Black Mirror é uma ótima título do Oneus, quase alcançando o nível de Valkyrie pra mim. Eu espero que os meninos sigam com essa melhora, porque é um dos poucos bgs hoje em dia que eu ainda boto fé em me dar pelo menos um bopzinho.

Beijineos de luz~

2 comentários em “Oneus pede desculpas e se redime comigo em Black Mirror

  1. E não, esse é um EP novo dos meninos, a RBW não soltou um repacked do LP deles, o que é estranho (Mas como o Oneus sempre teve 3 comebacks anuais, então eles não gastariam com uma nova sessão de fotos para poucas vendas que eles devem angariar com relançamentos)

    E que música gostosa, é isso que eu espero e quero mais deles! (OU, ao menos, um bate lata decente e com viadagem estilo to Be or not To Be).

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s