2020 · TOP FINAL DE ANO

As 50 melhores de 2020 – Parte 5 (FINAL)

Fala ai galerinha, feliz natal pra todos vocês! Espero que tenham enchido a pança de muito peru, pernil ou qualquer troço gorduroso que tua família fez pra noite do dia 24! Pois bem, em pleno dia 25 eu estou aqui para fechar o meu top 50. Como sempre, nesse parte final a sensação é de fogo no parquinho mesmo e tudo certo. Todo ano, quando eu chego por aqui, percebo que mesmo com todo o trabalho que deu quebrar a cabeça pra pensar nisso (e mesmo o wordpress desconfigurando TODOS OS MEUS POSTS DO TOP, que ódio) eu sempre fico muito feliz de finalizar o ano nessa parte. Enfim, sem mais delongas, vamos ao meu top 10!

Relembrando que esse top é feito pura e simplesmente baseado no que eu mais escutei durante o ano, então só vai ter coisa que eu realmente gostei.

10º AESPA – BLACK MAMBA

Sim, aespa abre esse top 10 porque eu paguei um pau gigantesco pra música e eu realmente gosto e MUITO dela, até posso concordar que pode ser péssimo gosto da minha parte, mas sinceramente eu sou apaixonada nesse inferno de música das novas meninas da SM. Pode ser a hype que criei pelo grupo (menos a parte de vocaloids dela, que eu espero que a SM tenha esquecido nesse ponto) mas vamos ser diretos, Black Mamba é meu tudinho. Se ela tivesse sido lançada antes provavelmente teria facilmente entrado na minha listinha de mais escutadas, isso só pelo tanto que eu ouvi ela desde que saiu no começo de novembro. Pra mim é uma ótima música que explora bem os campos pra onde vai, agora é esperar a SM prosseguir com um bom trabalho pras meninas.

9º RYU SUJEONG – TIGER EYES

Quem diria que uma gatinha do Lovelyz apareceria no meu top50 e ainda faria parte do top10, não é mesmo? Mas foi essa lindona que me fez ficar de olhos abertos pro comeback do Lovelyz, já que Tiger Eyes é uma puta de uma música boa, sem tirar nem por. Mesmo sendo uma música mais retilínea, sem variações vocais enormes ou um instrumental que explode a você em diversos momentos, ainda assim ela entrega muito, mas muito mesmo. Eu gosto da batida mais tímida de fundo que vai meio que te convidando a ser uma gatinha sensual com a Sujeong, enquanto ela vai te chamando com o vocal meio miado dela. Outra coisa é o visual dela, eu preciso contar, esse cabelo azulão é tudo pra mim e acrescenta mais 10 pontos a faixa toda sozinho.

8º CHUNGHA – DREAM OF YOU

Como o esperado, eu não deixaria passar em branco mais coisa da Chungha. Acho que nem sobre Dream of You eu comentei por aqui, mas deus QUE MÚSICA, que batidão delicioso dos infernos! Quando saiu o teaser disso aqui eu já estava espalhando pelo meu twitter que ela traria mais uma pra rebolar a bunda lindamente, e assim ela fez. Dream of You é uma collab com um DJ que pelo que eu entendi é até que bem famosinho e é uma música mais virada pra promoção internacional (pro meu desgosto, claro) já que ela é 100% em inglês, mas mesmo assim não deixa de ser um lançamento MARAVILHOSO da Chungha que, eu digo e repito, teve um ótimo ano mesmo que tenha sido alimentado só por singles. Espero mais batidão assim no full que sai em algum dia da vida.

7º TAEMIN – HEAVEN

Nossa Taemin no meu top10, alguém por acaso tá chocado com o quão previsível eu sou? Porque nem eu to. Idea foi uma péssima ideia (kk piadas) para título do segundo ato desse álbum do Taemin, mas pelo menos eu fui abençoada com essa maravilha que é Heaven (e o resto desse álbum que tá tão redondinho e maravilhoso que dava pra fazer um top só com ele, sendo bem sincera). Heaven é aquela música carregada, ela tem instrumentais mais marcados e até mesmo pesados, enquanto carrega vocais que são… heavenly pra falta do que usar no pt/br mesmo. Eu acho que facilmente ela poderia ter sido a título oficial, pura e simplesmente por ser uma música tão Taemin, até mesmo a coreografia mostra isso. Pelo menos ela foi promovida e as pessoas puderam saber o que é o paraíso com essa música.

6º CHUNGHA – PLAY

Sim dobradinha de Chungha no top10, nem vem reclamar não porque Play mais que merece estar aqui, ok? Ok. Como eu já rasguei seda o suficiente pras outras duas releases dela desse ano que eu já AMO de paixão, eu não poderia deixar de lado a minha faixa favorita da princesa pra esse ano. Eu sou fã de faixas de verão, eu fico aguardando o verão coreano como uma criancinha fica esperando o papai noel porque só sai umas músicas maravilhosas pra chamar de minhas. Esse é o caso de Play, onde a Chungha pegou uma coisa que já tava meio batida no meio e fez funcionar maravilhosamente bem, principalmente por ela mesma elevar a música com os vocais ótimos que tem, além de o rapper dar uma boa ajuda na faixa uma vez na vida. Play é minha favorita dela esse ano e eu admito que tenho uma quedinha feia pela Chungha de verão.

5º RED VELVET – PSYCHO

Eu não sou muito de puxar músicas que saíram no ano passado pra cá, mesmo que tenha sofrido a injustiça de serem lançadas nos 45 do segundo tempo, mas vou te contar que Psycho é uma música que eu escutei tanto, mas TANTO esse ano que seria impossível eu deixar ela fora da lista. Principalmente escutando agora a versão do youtube da música (que inclusive me deixa amarga de não ser a mesma do álbum) que é uma obra prima. Psycho foi produzida pelo mesmo time de Peek-A-Boo, então todo mundo e suas respectivas mães sabiam que ela facilmente seria uma das minhas favoritas do grupo, o que aconteceu (ela literalmente é a minha segunda título favorita do grupo, atrás da outra citada). Eu adoro a construção dessa música, desde instrumentais até os vocais maravilhosos do grupo. Uma grande pena que RV pode ir pro saco por decisões erradas, pois ainda é um grupo pelo qual eu nutro MUITO amor.

4º ITZY – NOT SHY

Bem, quando eu disse que adorava Don’t Give a What eu não quis dizer que desgostava de Not Shy. Em nenhum momento eu disse isso e como podem ver, cá ela está pegando seu lugarzinho gostoso no top5 do meu ano. Itzy metendo “sô tímida não, vamo se pegar” misturado com elas de gatinhas do faroeste foi o que eu pedi esse ano. O conceito em si já tinha me comprado de cara logo quando saiu o primeiro teaser, mas Not Shy é tão divertida de se escutar que não tem como não se apaixonar por ela. Eu adoro como os vocais de algumas meninas parecem mais a vontade na música, adoro o “hey there hey there, we are a great pair, great pair” no pré-refrão… Eu amo essas meninas, vamos ser sinceros, e como sempre só quero mais delas no ano que vem!

3º GFRIEND – MAGO

Claro, mas era CLARO, que eu colocaria justamente a título mais retrô do GFriend no meu top3, como assim vocês achavam que eu simplesmente não colocaria Mago por aqui? Mas falando sério, ela foi a título desse ano do grupo que eu menos botei fé e acabou se tornando a minha favorita entre todas elas. Mago explora bem essa tendência do retrô, tanto em instrumental quanto em vocais, além de ter o poder de me deixar com um sentimento meio inexplicável de nostalgia quando escuto ela. Eu não sei porque me sinto assim com Mago, mas simplesmente ela me deixa desse jeito. Eu acho que foi um ótimo jeito do grupo finalizar o ano maravilhoso delas e fico muito feliz dela ter sido completamente diferente do que eu esperava. Obrigada GFriend pelos mimos esse ano!

2º TAEMIN – CRIMINAL

É gente, é Taemin né? E vocês sabem o quanto eu adoro o trabalho dele, de todas as maneiras possíveis, mas como eu acho que ela se superou com essa título. Criminal é exatamente o que eu vejo o Taemin lançando em qualquer momento da carreira, mas ela tem alguma coisa a mais que faz com que seja mil vezes mais atrativa. É com esse estilo que ele brilha, na verdade, porque é uma música que a batida reforça que ele pode trazer sensualidade em suas coreografias e são os vocais que mostram o quão apto ele é como uma vocalista (mas ai, é SM né? Todo mundo ali é). É uma combinação explosiva de coisas que funcionam muito bem com ele e facilmente alavancam ele como artista, então Criminal é sim uma das minhas favoritas do ano, porque ela acerta exatamente onde o Taemin brilha.

Agora sim meu povo, chegamos a última música desse top 50. Eu passei umas boas horas pensando aqui se essa era a decisão correta ou não, mas eu não posso mentir pra mim mesma quando essa foi a música que eu mais escutei esse ano (com mais de 78 plays só nela) e do segundo álbum que eu mais escutei durante esse ano (com mais de 118 plays). Então sim, eu trago a vocês a minha top 1 de 2020:

1º DREAMCATCHER – SCREAM

Segundo ano consecutivo que Dreamcatcher pega meu top 1, mas eu sou completamente vendida ao grupo, nem tenho argumentos (inclusive, Deja Vu que foi meu top 1 do ano passado ainda está entre as minhas 10 mais escutadas, é esse o nível). Scream, pra mim, foi um ápice do grupo, não somente por ser uma música forte pra cacete, com a mistura de rock e eletrônico que funciona bem demais, mas também por ter sido um empurrão maior ainda pra fama delas, já que foi uma era que trouxe muita, mas MUITA gente pro fandom. Em si, o The Tree of Language, primeiro full álbum do grupo, é um álbum extremamente coeso e que na minha visão não tem falhas em quesito musical em momento nenhum, e isso cai exatamente em Scream que explora muito bem as vocalistas fortíssimas que o grupo tem, junto com os raps mais graves da Dami e o flow gostoso da Gahyeon. Isso sem contar a coreografia icônica do “devil eyes come, open my eyes” e… enfim. Mais uma vez DC consegue seu primeiro lugar comigo, brigando pau a pau com Criminal do Taemin.

Então, chegamos ao fim de mais um top 50, que eu nem sei por onde terminar! hahaha Queria agradecer a todos por esse ano incrível pro blog, onde eu consegui dar uma boa crescida por aqui, por tirarem um tempo pra verem eu falando merda na internet sobre kpop. O Srsly Kpop é um hobby que não cansa de ser divertido pra mim (mesmo que as vezes eu dê uma estressada básica). Fico muito feliz por tudo, de verdade!

Agora, como todo ano, darei aquela pequena pausa de fim de ano por aqui, então eu espero que tenham gostado desse top 50, me digam qual seria sua top 1 desse ano e, acima de tudo, tenha uma ótima virada de ano pra 2021! Vejo vocês por lá!

Beijineos de luz~

7 comentários em “As 50 melhores de 2020 – Parte 5 (FINAL)

  1. Chungha só tem música boa, esse ano então, ouvi demais!! Pena que o álbum atrasou, e engraçado que não aconteceu só com ela. A CL adiou o álbum também, e até o Super Junior, enfim, só quis compartilhar essas coincidências em pouco tempo.

    O TOP 3 são artistas que eu escuto pouquíssimo, mas essas 3 músicas também não saem da minha playlist, e fico mais impressionada ainda com GFriend que não tem o costume de fazer músicas que eu gosto, mas esse ano eu peguei Mago, Labyrinth e Creme Brulée pra mim.

    Já ouvi várias pessoas falando sobre a diferença de Psycho no YouTube e no spotify, não consigo perceber de jeito nenhum o que tem de diferente.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Foi um ano de muito álbum sendo atrasado, o que dá pra entender vendo toda a situação né, mas ainda assim uma pena o da Chungha ter atrasado TANTO );

      Minha maior felicidade esse ano foi o GFriend, que foi de grupo que eu nem tocava pra um dos meus mais escutados. Chega a ser até engraçado como elas cresceram no meu coraçãozinho kkkkk

      A diferença são as cordas que tem na versão do youtube, eu não sei explicar direito mas você escuta mais instrumentos como violino nela. Deve ter algum vídeo por ai comparando as duas versões…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s