2019 · TOP FINAL DE ANO

As 50 melhores de 2019 – Parte 5 (FINAL)

Fala gente bonita! Tudo bom? Bem vindo a última parte da melhor parte do ano, o top 50 que escolhemos a dedos das músicas que mais nos agradaram, sendo uma misturinha do meu gosto com o gosto da Groselha pra música. Geralmente a gente chega nessa parte saindo no soco, gritando bastante e provavelmente com alguém tendo um surto psicológico.

Enfim, chega de enrolação e bora falar logo sobre os finalistas.

10º WJSN – AS YOU WISH

Mas WJSN de novo? Pois é, as meninas fazem sua terceira aparição por aqui com o seu último comeback, As You Wish. Eu posso até ter dito que não é a melhor música da discografia delas mas eu menti, eu amo essa música e não consigo parar de escutar ela em nenhum segundo. O instrumental pode não fazer muito pro grupo, mas vamos falar a real, a construção vocal dessa música é mais que perfeita. Desde o “Obliviate” que marcou a música até o final em coro que é basicamente uma das coisas mais bonitas que um pode tacar dentro de uma música. Também esse álbum é incrível, então As You Wish também tá aqui pra representar isso.

9º TAEMIN – WANT

O demônio mesmo decidiu se enfiar aqui pro nono lugar. Nada contra você Taemin, mas vá infernizar a vida de outro com música boa e visual impecável, pelo amor. Want é o ponto alto do Taemin como artista solo explorando a própria sensualidade, sendo uma daquelas músicas que a gente escuta rezando de tão bom. Instrumental bem de… Característico, digamos, além da voz desse menino ser doce demais pra ser deixada de lado. Want é perfeita em muitos sentidos e provavelmente foi outro música que tocou TANTO na minha playlist que eu não aguento mais ter que ficar fingindo que vou pular ela na próxima vez que ela vier, já que não vou conseguir.

8º ONEUS – VALKYRIE

O com vocês o melhor debut masculino do ano, na minha opinião e da Groselha, claro. Oneus debutou na base da porrada com Valkyrie, que é a melhor música deles ainda (e você pode vir sair no soco comigo se discordar). Todos os elementos dessa música são ótimos, o instrumental que sobe e desce junto com a música num ritmo maravilhoso e os vocais do grupo que não são brincadeira. Vai me dizer que você não ficou nem um pouquinho arrepiado no final da bridge, quando rola aquele vocalzinho maravilhoso + som de tiro. Na boa, se mais grupos masculinos se dessem ao trabalho de entregar coisas desse jeito eu talvez não tivesse me desapegado tanto deles quanto eu desapeguei esse ano.

7º MAMAMOO – HIP

Crítica social foda + para de me encher a porra do saco = Hip. Sinceramente, eu poderia descer todos os elogios possíveis a essa música, principalmente na parte de letra porque as vezes é necessário sair no soco com o povo chato que fica querendo controlar até a roupa que a Hwasa usa. Mas Hip é uma daquelas músicas feitas pra tirar com a cara do knetizen babaca do jeito mais divertido possível, onde Mamamoo recheia a música de vocais maravilhosos com onomatopeias ~interessantes~ e um instrumental dançante e tão grudento que vai ficar na tua cabeça por uma boa quantidade de tempo. Não tem como evitar amar Hip e não tem como evitar adorar o próprio Mamamoo.

6º DREAMCATCHER – PIRI

Provavelmente alguém, em algum momento, acho que a gente tava deixando Dreamcatcher de lado por algum motivo aleatório. Nop, a gente só tava esperando pra arremessar elas em vocês agora, no top 10. Sinceramente um dos anos mais absolutos e incríveis pro grupos, uma prova viva sendo a maravilhosa Piri. Não tem como negar que essa música facilmente é uma das mais reconhecidas do grupo pura e justamente por ser a produção mais incrível delas. O instrumental que quase nos chama pra uma guerra por sua força e os vocais lindíssimos, que vão de leves a fortes em um piscar de olhos, com tamanha grandeza. Piri é uma obra prima que obviamente foi uma das melhores do ano.

5º ITZY – DALLA DALLA

O debut do ano, de acordo comigo mesma. Itzy saiu direto da JYP direto pro coração de meio mundo quando debutou com Dalla Dalla. Teve gente que odiou e teve gente que se apaixonou pelo grupo, assim como euzinha. Essa música acabou viralizando fortemente e acho que nunca vi um grupo no debut indo tão fortemente quando elas. Essa música também tem elementos bem experimentais, principalmente com as trocas no instrumental, mas tudo também se junto de um jeito bem coeso. Além do grupo ter bons vocais pra algo recém debutado e também distribuir uma mensagem bem legal de amor próprio, ainda mais do jeito que elas mesmas estão fazendo. Querendo muito mais das meninas no ano que vem, com certeza.

4º TAEYEON – SPARK

Outra que provavelmente meio mundo achava que eu só tinha esquecido no churrasco quando eu tava guardando como ace. Taeyeon é uma das melhores (se não for a melhor) vocalista do kpop, que geralmente tem as músicas mais bem entregues toda vez que decide voltar. Spark em si já é a minha favorita dela, já que gosto MUITO quando ela avança num estilo um pouco mais dançante. Isso aqui conta com um dos instrumentais mais interessantes dessa lista toda e os vocais da própria Taeyeon que não precisam de nenhum tipo de descrição da minha parte. Essa música tem uma força que é só dela e consegue alcançar uns pontos na alma que acho que só escutando dá pra entender. O álbum também tá nesse nível, só a nível de curiosidade.

3º BTS – DYONISUS

Eu, Bruna, não tenho nenhum tipo de comentário sobre isso aqui, já que é escolha da Groselha, então eu a chamo pra falar pra vocês sobre:

“Ah mano, musicão do caralho, não sei defender os termos técnicos mas eu acho incrível, monte de coisa diferente que tem nela principalmente o tema em si, o Jin com uma high note absurda e a performance que é DE FODER”

É isto. eu preciso dizer algo mais? Depois da world tour nesse ano BTS somente entregou um álbum, mas que provavelmente agradou bastante ao fandom. Essa aqui é tua Gro, vai na fé.

2º CHUNGHA – GOTTA GO

Lembram quando eu disse que esse ano foi o ano da Chungha? Pois bem, a menina decidiu lavar o coração de todo mundo com seu primeiro lançamento do ano: Gotta Go. Não só corações mas a menina levou seu primeiro win com esse hino sobre a Cinderela saindo no maior pique do baile. Esse lado mais maduro da Chungha, mesmo que eu goste das músicas anteriores dela, é o que mais funcionou com ela e o público geral, e vamos ser honestos, Gotta Go é uma puta produção incrível de ponta a ponta. Vocais maravilhosos, um instrumental completamente bem orquestrado e lindíssimo de se escutar e a gente nem fala da coreografia maravilhosa e viral dessa música. Chungha com certeza merece estar em segundo lugar, e ela só perdeu por um pouco pro melhor comeback desse ano…

E claro que antes de bater cartão no primeiro lugar, eu preciso fazer a minha. O primeiro lugar foi pra uma das obras mais incríveis desse ano, com um dos instrumentais mais forte, vocais mais ricos e o conceito mais belo que eu poderia pedir vindo desse grupo.

1º DREAMCATCHER – DEJA VU

Mesmo que isso venha de uma colaboração, vamos ser bem sinceros aqui, Deja Vu em si só é uma obra de arte maravilhosa. Acho que esse também foi o comeback mais sofrido do grupo, com um first win meio que roubado na cara dura e tantas boas oportunidades jogadas ao vento. “I’m holding this pain” é o que mais interessa no fim do dia. O instrumental em orquestra acompanhado com o coro de fundo, os vocais que sabem tonalizar corretamente nos momentos necessários… Tudo sobre isso aqui é tão bem feito e bem calculado que chega a doer na alma. Dreamcatcher pode não ter ganhado muito com isso e a gente ainda teve que ver a Handong ir pro Produce chinês, mas podem ter certeza que isso aqui é o ápice da carreira do grupo que provavelmente vai seguir crescendo mais ainda daqui pra frente.

E é com Deja Vu que finalizamos o top 50. Como sempre todo ano é meio cheio de muitas coisas e tiveram algumas músicas que poderiam aparecer aqui, mas que no fim não colocamos. 2019 não foi fácil para o kpop, foi muita coisa boa mas também tivemos muitos momentos difíceis. No aguardo que o ano que vem nos traga mais músicas ainda e muito menos sofrimento do que esse nos trouxe.

E antes de nos despedir, deixo aqui pra vocês a tal da playlist com todas as músicas mencionadas nesse top 50, feita pela dona Groselha no Spotify. Se divirtam bastante~

Beijineos de luz~

Que todos tenham uma ótima virada de ano!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s