comebacks

Com um de seus melhores conceitos Red Velvet está de volta com Zimzalabim, mas será que a música tira elas da morte que foi RBB?

Fala meu povo, tudo bom? Espero que sim! Hoje é dia de falar de um dos meus girl groups favoritos, o Red Velvet. Geralmente as meninas entregam conceitos riquíssimos e uma discografia quase impecável, mas seu último comeback foi de um gosto completamente duvidoso. RBB era uma daquelas músicas que não fazia jus ao grupo de jeito maneira, sendo um troço cheio de grito 90% do tempo e um instrumental que não te fazia sentir nada. Eu, como uma pessoa que realmente gosta do RV, esperava que com esse comeback elas saíssem daquele lamaçal de bosta de foi a última título pra algo razoável, ainda mais quando a gente fala sobre um comeback de verão do grupo. Zimzalabim saiu e agora é hora de saber: será que RV foi lançado no poço de músicas ruins que a SM anda pegando pros seus grupos?

E provavelmente eu sou a única pessoa nesse mundo que realmente gostou disso. Sim, eu, a pessoa que mais reclama dessa junções de umas 3/4 músicas no mesmo lançamento dizendo que fica bagunçado demais pro meu gosto. Zimzalabim é exatamente o que eu reclamaria num dia comum, mas que pro meu gosto funcionou.

E não, não sou eu puxando saco pro RV, se fosse por isso eu teria enchido a bola daquele lixo que foi RBB, mas isso aqui tem vários elementos que juntos funcionam. A música funciona completamente bem com o conceito meio circense que o grupo veio, sendo que os instrumentais (mesmo que muito diferentes) se encaixam perfeitamente e passam aquela impressão de uma loucura interna que eu gosto pra cacete (inclusive, isso me lembra muito algo que seria da OST do jogo Danganronpa). Eu adoro como os vocais funcionam em todos os ponto da música, principalmente no pré refrão, onde eles elevam tudo pra jogar na repetição “Zimzalabim”, que no começo causa estranhamento mas no fim encaixa perfeitamente em tudo.

E falando sobre MV e conceito, acho que esse aqui é um dos melhores do grupo desde Peek-A-Boo, o jeito que o clipe é planejado principalmente na parte fotográfica é fantástico. As cores são chamativas e causam aquela sensação de semi alucinação, as roupas mesmo não sendo as melhores escolhas de moda funcionam com toda a brincadeira visual e… Eu sou completamente suspeita quando se fala desse conceito circense/carnival. É um dos meus favoritos em muitos quesitos (contanto que não tenhamos palhaços tá todo mundo na vitória).

Então sim, eu adorei a construção de Zimzalabim e se metade desses grupos que adoram misturar sonoridade acertasse desse jeito no instrumental eu estaria feliz. Red Velvet mais uma vez sobe com sucesso no meu conceito.

Beijineos de luz~

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s